Cloud sustentável posiciona as companhias a assumirem novos compromissos: redução de carbono e inovação responsável. As companhias, historicamente, impulsionaram benefícios financeiros, de segurança e agilidade por meio de cloud, mas a sustentabilidade está se tornando um imperativo.

44%

dos CEOs participantes do United Nations Global Compact-Accenture Strategy CEO Study on Sustainability veem um futuro de energia limpa para suas empresas dentro de dez anos.

4.7x

Entre 2013 e 2015, empresas com alto desempenho consistente nos quesitos ambiental, social e de governança (ESG) usufruíram de margens operacionais 4,7x mais altas e baixa volatilidade do que as de baixo desempenho ESG no mesmo período.

30-40%

Migrações para nuvem pública resultam em mais 30-40% de economia de custos totais de propriedade.

Fatores como maior flexibilidade para cargas de trabalho, melhores índices de uso de servidores e maior eficiência energética da infraestrutura fazem as nuvens públicas ser mais rentáveis do que data centers próprios das empresas.

Migrações para nuvem pública podem reduzir emissões de CO2 em 59 milhões de toneladas por ano, o que equivale a retirar 22 milhões de automóveis de circulação.

Tão importante quanto, as migrações para nuvem também destravam novas oportunidades, como transições de energia limpa possibilitadas por análises geográficas baseadas em cloud, redução de materiais descartáveis decorrentes de melhores insights sobre dados, e objetivos de P&D médicos alcançados como resultado de plataformas analíticas mais rápidas.

Migrando para uma nuvem mais verde

Nem todas as abordagens de migração para a nuvem são iguais. Os benefícios da sustentabilidade variarão com base nestes três pontos:

1. Selecione com propósito

O primeiro passo rumo a uma jornada “cloud-first” sustentável começa com a escolha de um provedor preocupado com o tema carbono. Os provedores de cloud estabelecem diferentes compromissos corporativos relativos a sustentabilidade, os quais determinam como eles planejam, constroem, alimentam, operam e aposentam seus data centers.

2. Construa com ambição

A jornada rumo a uma nuvem sustentável tem três níveis de ambição:

Migrações de infraestrutura como serviço (laaS também chamada de ‘lift-and-shift’) sem grande redesign

Companhias com média on-premise de migrações para cloud podem obter redução de 65% de energia e redução de emissões de carbono de 84%.

Práticas de engenharia de software sustentáveis

Companhias podem reduzir consumo de energia aplicada em até 50x quando selecionam a linguagem de programação apropriada para a tarefa.

Otimização da aplicação para a “fábrica de cloud”

Companhias podem alcançar redução de emissões de carbono até 98% ao configurarem aplicativos para cloud.

Veja todas

O gráfico abaixo indica os níveis incrementais de redução de carbono que podem ser atingidos — quanto maior a ambição, maior a redução de emissões de carbono.

Alta
Intensidade de CO2
Baixa
Footprint de TI Corporativa On-Premise
10-20%
Eficiência de Força e Refrigeração
10-15%
Eficiência de Hardware
35-45%
Uso de Computação
5-10%
Engenharia de Software Sustentável
5-10%
Arquitetura de Aplicações Cloud-Native
15-20%
Energia Livre de Carbono
& Economia
Circular de HW
Footprint de Cloud
Casos de uso de
Sustentabilidade baseada em Cloud

3. Leve a inovação mais além

As companhias podem liberar maiores benefícios financeiros, sociais e ambientais por meio de operações circulares cloud-based e produtos e serviços sustentáveis.

A cloud mais verde

Ao iniciarem sua jornada para a nuvem, as companhias deparam-se com algumas questões. As decisões tomadas determinarão quão sustentáveis são suas soluções e os benefícios que aportam. Aquelas que selecionarem com sapiência ganharão níveis de inovação sem precedentes, que as conduzirão tanto a um planeta mais verde quanto a um balanço contábil mais verdejante.

Peter Lacy

Chief Responsibility Officer and Global Sustainability Services Lead


Paul Daugherty

Chief Technology & Innovation Officer


Kishore Durg

Senior Managing Director – Strategy & Consulting, Supply Chain & Operations Global Lead, Accenture Operations


Pavel Ponomarev​

Principal Director – Sustainability, Accenture Strategy

Colaboradores

Kushal Amin

Senior Consultant – Sustainability, Strategy


Sundeep Singh

Principal Director – Sustainability, Accenture Strategy


Sanjay Podder

Líder – Technology Innovation, ASIAM, Greater China and Japan


Swati Sharma

Application Development Senior Manager – Technology

MAIS SOBRE ESTE TEMA

Ascensão de Cloud
The Circular Economy Handbook
UNGC – Accenture Strategy CEO Study on Sustainability

Conheça o time

CENTRAL DE ASSINATURAS
Continue informado com nossa newsletter Continue informado com nossa newsletter