RELATÓRIO DA PESQUISA

Resumo

Resumo

  • Da crise global surge um novo mundo de oportunidades. No processo de enfrentar os mais recentes desafios globais, as organizações transformaram-se.
  • Como podemos capitalizar este novo impulso e otimizar-nos para a nova realidade global?
  • Business Futures é o estudo da Accenture cuja abordagem estruturada permite identificar e compreender os sinais mais importantes de mudança empresarial para as organizações.
  • Acompanhe os sinais que identificámos para descobrir o que está a acontecer, por que razão é importante e o que fazer para traçar os melhores caminhos para um crescimento lucrativo.


Durante o último ano, os modelos empresariais foram reinventados. As cadeias de abastecimento foram reestruturadas. Promessas de novos avanços científicos foram subitamente cumpridas. Descobrimos também que a produtividade pode prosperar de forma virtual.

No processo de enfrentar os desafios globais que mesmo os líderes mais progressistas nunca imaginaram, as organizações transformaram-se.

Como podemos capitalizar este novo impulso? Como podemos acelerar a inovação que conseguimos alcançar? Como nos podemos otimizar para a nova realidade global?

Sinais de mudança empresarial

Business Futures é o estudo da Accenture, assente numa abordagem estruturada para identificar os sinais de mudança empresarial mais importantes e para aumentar a perceção das organizações, de modo a que possam moldar um futuro de sucesso.

Destacamos os sinais que estão a remodelar as organizações a nível global e que serão extremamente importantes à medida que estas organizações se reinventam para um amanhã profundamente diferente. Através da apresentação destes sinais, pretendemos ajudar os líderes a traçar os melhores caminhos para um crescimento lucrativo.

Os sinais apresentam oportunidades e incentivos para abraçar a mudança e encontrar novas formas de crescimento.

Seis sinais destacaram-se como essenciais para o sucesso futuro das organizações.

01. Learning from the future

Ver a mudança antes que aconteça. Ver mais.

02. Pushed to the edge

Descentralizar a tomada de decisões. Ver mais.

03. Sustainable purpose

Passar do foco no propósito para a execução do mesmo. Ver mais.

04. Supply unbounded

Romper os limites físicos do cumprimento. Ver mais.

05. Real Virtualities

Redefinir o nosso sentido de realidade e de lugar. Ver mais.

06. The new scientific method

Tornar-se uma empresa científica. Ver mais.

VER TUDO

Como se pode compreender a nova realidade global e traçar os caminhos ideais para um futuro melhor? Leia os seis sinais para descobrir o que está a acontecer, por que razão é importante e o que fazer.

01. Learning from the future

Ver a mudança antes que aconteça
As organizações estão a utilizar a análise de dados e a inteligência artificial para a tomada de decisões e para a definição de estratégias que antecipam o futuro. Chamamos a este novo tipo de tomada de decisões "aprender com o futuro".

O desenvolvimento de capacidades superiores orientadas para o futuro cria oportunidades para que as organizações se mantenham um passo à frente:

  1. Capturar oportunidades que de outra forma passariam despercebidas.
  2. Preparação para riscos que de outra forma seriam inesperados.

O que fazer?

As ferramentas certas de previsão estão cada vez mais disponíveis. No entanto, as organizações estão a ser limitadas devido a restrições organizacionais, culturais e a nível da mentalidade, bem como devido às respetivas abordagens em relação à tomada de decisões.

Três mudanças podem ajudar:

Estar preparado para diferentes possibilidades futuras.

Ter uma ampla abordagem na utilização de dados.

Prever e antecipar a mudança

VER TUDO

31%

dos executivos inquiridos afirmaram que têm plena confiança na sua capacidade de prever e responder às mudanças de comportamento que afetam a procura.

88%

dos líderes inquiridos afirmaram que a utilização de conjuntos de dados e abordagens analíticas mais orientadas para o futuro será importante para o seu sucesso.

02. Pushed to the edge

Descentralizar a tomada de decisões
Os líderes estão a passar o poder de decisão às pessoas nas linhas da frente do negócio, e a depender de equipas altamente ligadas em rede para agirem com rapidez e agilidade.

Quando as empresas descentralizam o poder para a tomada da maioria das decisões operacionais do dia-a-dia, aliviam as respetivas sedes para que estas se concentrem nas principais decisões estratégicas. Isto proporciona oportunidades valiosas para as empresas:

  1. Melhor gestão dos riscos associados à fragmentação dos mercados.
  2. Responder mais rapidamente à mudança das preferências locais.

O que fazer?
A necessidade de adaptabilidade e de rapidez, em simultâneo com uma gestão eficaz dos custos, não irá terminar com a pandemia. Para se manterem atuais, as organizações têm de ser concebidas para a mudança:

Descentralizar para potencializar as filiais.

Aproximar a tomada de decisão das filiais

Dar autonomia às pessoas nas filiais.

VER TUDO

82%

dos líderes inquiridos afirmaram que uma operação mais semelhante a uma ampla federação de empresas será importante para o sucesso da organização.

71%

dos inquiridos já descentralizaram ou estão a planear descentralizar a tomada de decisões em partes da sua empresa.

03. Sustainable purpose

Passar do foco no propósito para a execução do mesmo
As organizações estão a incorporar a sustentabilidade na estrutura das suas operações e a tornar a responsabilidade social sustentável. Apesar do reconhecimento por parte dos executivos do valor do propósito corporativo orientado pelas partes interessadas, algumas organizações estão com dificuldades em compatibilizar a respetiva retórica com os resultados: chamamos a isto de lacuna de "intenção-execução".

A pressão sobre as organizações para colmatar a lacuna entre a intenção e a execução apenas se irá intensificar quando as partes interessadas responsabilizarem cada vez mais as empresas se estas não cumprirem o seu objectivo. Agora é o momento para as empresas abraçarem as oportunidades e tornarem-se geridas em prol do respetivo propósito:

  1. Colmatar a lacuna entre a intenção e a execução irá proporcionar recompensas significativas.
  2. A incorporação da sustentabilidade é fundamental para a abertura de novos caminhos de crescimento.

O que fazer?

Como é que as organizações podem responder melhor às expetativas da sociedade e começar a pôr em prática as boas intenções que manifestam? Um grupo de organizações "geridas em prol do propósito" está a colmatar a lacuna através da integração do seu propósito no núcleo das respetivas operações. Três passos podem ajudar as organizações a replicar esta abordagem:

Encontrar um propósito e comprometer-se com o mesmo.

Atribuir um valor ao propósito.

Introduzir níveis de responsabilização transversalmente em todo o ecossistema

VER TUDO

43%

das 521 maiores empresas do mundo são incapazes de fornecer um valor multidimensional que corresponda às respetivas intenções.

96%

dos inquiridos afirmaram que os seus processos empresariais e as suas políticas empresariais incorporam práticas empresariais responsáveis ou que as incorporarão nos próximos três anos.

04. Supply unbounded

Quebrar os limites físicos do desempenho
As organizações estão a passar de modelos de abastecimento centralizados e lineares para redes descentralizadas que utilizam a produção a pedido. Chamamos a este novo tipo de cadeia, “supply unbounded”.

Quebrar com os limites físicos das cadeias de abastecimento permite que as organizações façam mais com menos e, assim, satisfaçam as crescentes expetativas dos clientes quanto ao cumprimento das encomendas de uma forma rentável. Eis algumas das principais oportunidades para abraçar esta abordagem:

  1. Dissociar o desempenho da distância.
  2. Satisfazer mais encomendas com uma pegada menor e com menos desperdício.

O que fazer?
Há três passos que podem ajudar as empresas a romper os limites físicos das suas cadeias de abastecimento e permitir o cumprimento mais eficaz das encomendas:

Redefinir o propósito da infraestrutura física.

Repensar as redes de fornecimento.

Redesenhar produtos e serviços.

VER TUDO

49%

dos inquiridos afirmaram que as suas organizações estão atualmente a satisfazer as expetativas dos clientes quanto ao cumprimento das encomendas.

95%

dos inquiridos estão a testar ou a dimensionar abordagens que irão ajudar a separar a oferta da infraestrutura terrestre ou a aproximar a produção do ponto de procura.

05. Real Virtualities

Redefinir o nosso sentido de realidade e de lugar
Um maior número de organizações está agora a trabalhar para combinar o mundo virtual e o mundo físico através da criação daquilo a que chamamos "virtualidades reais". À medida que esta integração ocorre, os mundos virtuais tornar-se-ão cada vez mais realistas.

O desenvolvimento dos ambientes virtuais, irá melhorar o nosso mundo físico e redefinir o nosso sentido de realidade e de lugar. Os potenciais benefícios das virtualidades reais incluem:

  1. Criação de novo valor para organizações e indivíduos.
  2. Melhorar as interações entre clientes e funcionários.

O que fazer?
Para tirar o máximo partido das possibilidades, as organizações podem fazer várias coisas:

Repensar a vantagem competitiva.

Ativar novas oportunidades.

Tirar partido dos parceiros do ecossistema.

VER TUDO

47%

dos consumidores estão dispostos a pagar mais por um produto que poderia ser personalizado através de tecnologias imersivas.

88%

dos inquiridos afirmaram que estão a investir em tecnologias que permitirão que as suas organizações criem ambientes virtuais.

06. The new scientific method

Tornar-se uma empresa científica
A disrupção e a convergência das novas fronteiras da ciência abrirá possibilidades radicais para enfrentar os desafios fundamentais do mundo.

Na última década, todas as empresas se transformaram em empresas digitais. Nas próximas décadas, todas as empresas se irão transformar em empresas científicas para lucrarem com a próxima onda de inovação. Isto proporcionará grandes oportunidades, incluindo:

  1. Abraçar a mudança sistémica que está a transformar o funcionamento de setores inteiros da economia.
  2. Beneficiar de uma disrupção motivada pelos avanços científicos para ajudar a criar produtos e serviços que serão melhores, mais baratos e mais sustentáveis.

O que fazer?
À medida que as organizações procuram comercializar oportunidades devido à convergência de diferentes áreas científicas, podem também adaptar o método científico às realidades em mudança:

Reimaginar o ciclo de ”design-build-test-learn”

Fomentar a colaboração para impulsionar o ecossistema.

Reduzir o risco com investimentos alternativos.

VER TUDO

85%

dos executivos C-suite inquiridos afirmaram que o investimento em ciências fora das fronteiras tradicionais da sua indústria será fundamental para o sucesso da própria organização.

97%

dos inquiridos afirmaram que estão a utilizar tecnologias digitais para agilizar os avanços noutras áreas científicas.

Business Futures Interactive Radar

Identificámos 25 sinais de mudança empresarial que deverão ter maior impacto nas organizações nos próximos três anos. Explore os sinais mais relevantes para si ao clicar no radar.

Escolha mudar

Os líderes enfrentam um desafio sem precedentes: identificar o que funciona num presente novo e em evolução e o que será necessário para prosperar no futuro.

As decisões tomadas nos próximos 12 a 18 meses podem determinar a diferença entre prosperar e lutar para sobreviver nos próximos cinco anos.

Está na altura de capitalizar as mudanças e agarrar o futuro.

Sobre os autores

Annette Rippert

Group Chief Executive – Strategy & Consulting


Kathleen O’Reilly

Lead – Strategy


Rachael Bartels​

Lead – Function Networks and Programs


Koen Deryckere

Lead – Industry Networks and Programs


Eva Sage-Gavin

Senior Managing Director – Talent & Organization


Paul Nunes

Global Managing Director – Thought Leadership, Accenture Research

MAIS SOBRE ESTE TEMA

Fjord Trends 2021
Technology Vision 2021
Make the Leap, Take the Lead

Documentos de Suporte

Leitura Completa

Em resumo

15 minutos de leitura

Sumário executivo

Resumo executivo de sinais de mudança

VER
SUBSCRIÇÃO
Mantenha-se informado com a nossa newsletter Mantenha-se informado com a nossa newsletter