Em resumo

Em resumo

  • A pandemia da COVID-19 exige que as organizações protejam os colaboradores e apoiem os clientes, parceiros e comunidades.
  • A criação de ambientes de trabalho digitais flexíveis pode ajudar os colaboradores a servir melhor os clientes, assegurando a continuidade do negócio.
  • A resiliência da cadeia de abastecimento pode ser estabelecida através de etapas práticas de curto prazo e aproveitando plataformas que suportam applied analytics, inteligência artificial e machine learning, ao mesmo tempo que garantem transparência end-to-end.
  • As organizações devem considerar como se podem adaptar às mudanças estruturais dos mercados e operações que vão manter depois da epidemia passar.


A pandemia COVID-19 é uma crise de saúde e humanitária, mas também um choque económico. As empresas estão a avaliar rapidamente os desenvolvimentos que resultam desta mudança e as implicações para as suas organizações. A Accenture está a ajudar organizações a lidar com as consequências a curto e longo prazo. De importância vital e imediata para todas as organizações, é proteger os seus colaboradores e construir resiliência na cadeia de abastecimento.

Promover a resiliência

À medida que a COVID-19 se dissemina rapidamente, as organizações estão a focar-se na sua responsabilidade principal: proteger as pessoas enquanto mudam rapidamente a forma de trabalhar. Neste momento crítico, devem olhar para estas mudanças de modo a manter e ganhar a confiança dos colaboradores. A confiança depende da capacidade dos líderes demonstrarem a preocupação com cada uma das pessoas, mas também com a comunidade. Isto significa partilhar um plano e mostrar com transparência as decisões tomadas. Requer ainda uma liderança capaz de responder proativamente, e não reagir, às mudanças nas necessidades das pessoas.

A análise da Accenture revela que mesmo nos melhores períodos, a confiança e envolvimento das pessoas resulta de três necessidades humanas: física, mental e relacional. Estas necessidades crescem em momentos de crise. Os líderes que conseguem corresponder a este aumento, vão construir níveis altos de resiliência e potenciar nos seus colaborares a capacidade de adaptação, envolvimento e serviço ao cliente.

Estamos a ajudar Chief Human Resources Officers, CEOs e administrações a gerir os desafios da liderança nesta nova realidade. Sugerimos 10 medidas imediatas que os líderes C-suite podem tomar para criar resiliência.

Estamos a ajudar Chief Human Resources Officers, CEOs e administrações a gerir os desafios da liderança nesta nova realidade. Sugerimos 10 medidas imediatas que os líderes C-suite podem tomar para criar resiliência.

Saiba mais.

Criar um ambiente de trabalho flexível

A disrupção na força de trabalho causada pelo trabalho remoto e as taxas mais elevadas de licenças médicas requerem um Elastic Digital Workplace. As intervenções vão ser diferentes para cada organização, mas devem ser baseadas nos seguintes fundamentos:

  • PROTEGER E POTENCIAR OS COLABORADORES: Ajustar o ambiente de trabalho para que os colaboradores possam trabalhar remotamente, através de ferramentas de colaboração digital. Construir as competências necessárias com base nestas novas formas de trabalho. Começar a cultivar uma cultura digital. Construir um ambiente de trabalho de confiança.
  • SATISFAZER AS PRINCIPAIS NECESSIDADES DOS CLIENTES: Adaptar-se às condições globais e locais em constante mudança, satisfazer as principais necessidades dos clientes, incluindo ser transparente nas operações e ser empático nos compromissos - tudo isto vai criar relações mais profundas e de maior confiança.
  • ESTABELECER A CONTINUIDADE DO NEGÓCIO: Assegurar que as relações com fornecedores e os processos de negócio a negócio são devidamente sustentados. Desenvolver novos processos de negócio que se adaptam a novas formas de colaboração e à tomada de decisão.

Um Elastic Digital Workplace é possibilitado por políticas e cultura, tecnologia e comunicações. Os elementos fundamentais incluem ferramentas de colaboração, conectividade de rede robusta para permitir o trabalho virtual e procedimentos avançados de segurança. Também é importante ter protocolos e comunicações de trabalho e continuidade de negócios claros, assim como orientação para colaboradores, parceiros e clientes.

Um Elastic Digital Workplace é possibilitado por políticas e cultura, tecnologia e comunicações. Os elementos fundamentais incluem ferramentas de colaboração, conectividade de rede robusta para permitir o trabalho virtual e procedimentos avançados de segurança.

Saiba mais

Desenvolver uma cadeia de abastecimento resiliente

Com a rápida propagação do vírus, e várias regiões e economias em lockdown, já é grave a disrupção das cadeias de abastecimento. A cadeia de abastecimento é fundamental para obter bens e serviços de forma rápida e segura para aqueles em risco de infeção ou que estão a trabalhar na linha de frente da resposta médica. Os líderes devem tomar decisões rápidas e ações imediatas para sustentar as operações empresariais, para servir os seus consumidores, clientes e comunidades, bem como para proteger e apoiar os seus colaboradores.

As organizações devem responder com rapidez e confiança para elaborar e executar um plano tático de curto prazo que mitigue os riscos para a saúde humana e proteja o funcionamento das cadeias de abastecimento globais.

  • Em 72 horas: Avaliar as operações atuais e delinear as recomendações iniciais
  • Em 1 semana: Estabelecer um centro de comando e iniciar a implementação de uma resposta rápida
  • Em 2 semanas: Ajustar rapidamente as operações e continuar o ciclo de resposta
  • Em 4 semanas: Estabelecer uma capacidade operacional contínua

Um ciclo contínuo de mobilização de risco, deteção, análise, configuração e operação ajudará a otimizar os resultados e a mitigar os riscos:

Um ciclo contínuo de mobilização de risco, deteção, análise, configuração e operação ajudará a otimizar os resultados e a mitigar os riscos:

Saiba mais

Pensar para além do futuro imediato

O surto da COVID-19 resultou numa disrupção dramática da vida comercial, do consumidor e cívica que pode tornar-se permanente.

Por exemplo, as empresas serão forçadas a reconfigurar as suas cadeias de abastecimento mais vulneráveis, atender à crescente procura por trabalho remoto e oferecer mais experiências digitais. Esperar que os fabricantes acelerem a sua mudança para a impressão 3D, robótica e a cloud. Aprender com os fornecedores de serviços ao consumidor à medida que aceleram o uso da realidade virtual para fidelizar novos clientes online. Ver como os consumidores preocupados com segurança exigem mais transações contactless e se protegem em casa com entregas de drones. Considerar como o setor da saúde vai procurar novos mercados, através de uma adoção mais rápida de diagnóstico e tratamento médico remoto. Muitas empresas vão aplicar novas tecnologias para facilitar respostas imediatas, mas estas podem abrir o caminho para inovações operacionais de longo prazo e estratégias de recursos humanos que melhorem a resiliência e a competitividade.

Os conteúdos serão atualizados regularmente, à medida que a situação for evoluindo para negócios e organizações.

SUBSCRIÇÃO
Mantenha-se informado com a nossa newsletter Mantenha-se informado com a nossa newsletter