RELATÓRIO DA PESQUISA

Resumo

Resumo

  • O Estudo da Accenture sobre o Futuro do Trabalho 2021 explorou o que as pessoas precisam para serem saudáveis e produtivas, em uma nova era do trabalho.
  • Grande parte dos trabalhadores (83%) prefere um modelo de trabalho híbrido, mas uma variedade de fatores influencia a sua capacidade de prosperar.
  • Os líderes responsáveis devem ir além da localização física para moldar o futuro do trabalho, dando às pessoas recursos adaptados às suas necessidades.
  • Descobrimos que 63% das empresas de rápido crescimento já adotaram um modelo de “produtividade em qualquer lugar” para suas forças de trabalho.


Qual é o futuro do trabalho?

É uma pergunta que muitos estão fazendo, pois todos querem reimaginar a forma e o local em que trabalham. O Estudo da Accenture sobre o Futuro do Trabalho 2021, que incluiu mais de 9.000 trabalhadores em todo o mundo, descobriu que a maioria das pessoas quer um modelo híbrido, onde podem trabalhar remotamente ou na empresa.

83%

dos trabalhadores dizem que um modelo híbrido seria ideal

Por que o híbrido é tão atraente? Ele reúne o melhor dos dois mundos. As pessoas que trabalharam sob o modelo híbrido durante a pandemia da Covid-19 tiverem melhor saúde mental, relações de trabalho mais fortes e eram mais propensos a sentir como se o trabalho em suas organizações proporcionasse um ganho líquido. Além disso, sofreram menos desgaste do que aquelas que trabalharam integralmente na empresa ou em casa.

Também descobrimos que 25% dos entrevistados trabalharam exclusivamente na empresa durante toda a pandemia e provavelmente permanecerão nesse modelo, independentemente de suas preferências pessoais. Esses trabalhadores tendem a estar nos setores de saúde e varejo e podem estar em níveis administrativos de suas organizações.

Embora a otimização do trabalho remoto seja uma prioridade para muitas empresas, também precisamos reimaginar a vida profissional na empresa.

Não se trata do local, mas do potencial

As políticas de recursos humanos e o apoio da liderança são, em grande parte, direcionadas aos trabalhadores na empresa, mas estão surgindo novos segmentos da força de trabalho. A nossa pesquisa descobriu que as organizações estão se esforçando para fornecer modelos que atendam às necessidades de todos os trabalhadores o tempo todo.

A experiência “tradicional” do colaborador não existe mais.

Perguntar onde as pessoas devem trabalhar no futuro pode ser a pergunta errada. Uma pergunta melhor é: o que libera o potencial de uma pessoa, permitindo que seja saudável e produtiva, não importa onde ela trabalhe?

Na verdade, é uma questão fundamental, considerando que mais da metade dos nossos entrevistados tem uma postura razoavelmente ou muito negativa em relação ao futuro do trabalho.

Este gráfico retrata a análise de sentimentos relacionados ao futuro do trabalho dos participantes da pesquisa, que responderam a 140 perguntas, e agrupados com base em seu nível de cansaço e otimismo.

Gráfico de análise da percepção do futuro do trabalho.

Mão de obra produtiva e saudável, onde quer que estejam

Descobrimos que 40% dos trabalhadores sentiam que podiam ser saudáveis e eficientes, seja no local oficial de trabalho ou remotamente. Um pequeno segmento de trabalhadores sentiu que não conseguiria ser eficiente ou saudável em qualquer lugar. Algo aconteceu no último ano que os deixou descontentes e apáticos. A negatividade não permitiu que alguns fossem produtivos. O peso das experiências de trabalho negativas e dos fatores de estresse é demais para esse grupo não produtivo de trabalhadores? Para a nossa surpresa, não. Os nossos funcionários mais produtivos também estavam sofrendo desgaste, cansaço e frustrações – às vezes em níveis ainda mais altos que o grupo não produtivo.

O que distinguiu os 40% não foi a falta de fatores de estresse negativos em suas vidas, mas sim a sua abundância de recursos, tanto no nível individual quanto organizacional. Recursos alimentam o bem-estar e a produtividade de um funcionário. Os desafios no local oficial de trabalho, bem como na vida, não podem ser totalmente eliminados. As organizações precisam se concentrar em fornecer os recursos certos para as pessoas, tanto na empresa quanto em um local remoto.

Recursos que ajudam as pessoas a serem produtivas em qualquer lugar:

“Posso ser produtivo em qualquer lugar quando sinto que as expectativas de desempenho são realistas, tenho liberdade para administrar o meu tempo e recebo feedback contínuo para melhorar o meu trabalho.”

“Posso ser produtivo em qualquer lugar quando a natureza do meu trabalho, meus colegas e minha cultura organizacional me ajudam a me sentir positivo.”

"Posso ser produtivo em qualquer lugar quando tenho a oportunidade de aumentar os meus níveis de habilidade em tecnologias emergentes como computação em nuvem, segurança cibernética, robótica, realidade virtual e ferramentas de colaboração digital."

“Posso ser produtivo em qualquer lugar quando a minha organização adota e comunica políticas que me mantenham saudável, como limpeza de rotina e higienização de espaços de trabalho, restringindo a quantidade de funcionários no escritório ao mesmo tempo e garantindo uma licença médica flexível.”

“Posso ser produtivo em qualquer lugar quando os líderes da minha organização escutam ativamente e prezam pelo bem-estar, produtividade e desenvolvimento pessoal dos trabalhadores.”

“Posso ser produtivo em qualquer lugar quando a minha organização tem uma visão digital forte, que é claramente comunicada e endossada por meio do treinamento de funcionários e oportunidades de aprimoramento, e incentiva o uso de ferramentas digitais para impulsionar a inovação, colaboração e mobilidade dos funcionários.”

Repense o trabalho híbrido para impulsionar os negócios

Otimizar os recursos que garantem uma força de trabalho saudável e produtiva, independentemente da localização física, pode ser assustador. Por que acreditamos que será um objetivo que valerá a pena para as organizações buscarem? Porque as organizações alcançarão benefícios importantes ao terem uma força de trabalho que desempenha o seu potencial máximo.

63%

das organizações de rápido crescimento permitiram modelos “de produtividade em qualquer lugar” para suas forças de trabalho.

69%

das empresas sem crescimento ou com crescimento negativo ainda estão focadas em onde as pessoas vão trabalhar fisicamente (favorecendo modelos exclusivos de trabalho remoto ou na empresa, em vez de permitir o modelo híbrido).

85%

das pessoas que sentem que podem ser produtivas em todos os lugares dizem que planejam ficar na empresa por muito tempo.

Inspire o futuro do trabalho

Ninguém sabe exatamente como será o futuro, mas sabemos do que os trabalhadores precisam para prosperar em qualquer lugar. Os líderes podem começar redefinindo políticas de trabalho e fortalecendo as relações entre trabalhadores e empregadores.

Acelere RH modernos

Desenvolva uma estratégia que garanta aos trabalhadores ganhos líquidos, ao transitarem por novos espaços, equipes e funções. Supere as complexidades advindas de novas engenhosidades humanas.

Adapte o trabalho às pessoas

Não existe um modelo de tamanho único, por isso as organizações devem atender às necessidades de todos os tipos de trabalhadores. Apoio psicológico e físico promove confiança.

Desenvolva fluência digital

Empresas digitalmente fluentes crescem mais e são lugares melhores para trabalhar. Com fluência digital, é possível criar competências personalizadas e aprendizados que atendam as necessidades.

Lidere com compaixão

Líderes responsáveis criam ambientes nos quais o Modern Board, CEO e C-suite garantem o máximo potencial dos trabalhadores. Eles constroem uma cultura de experimentação e melhoria contínua.

Veja todas
O crescimento dos negócios em um mundo cheio de incertezas depende de uma força de trabalho resiliente e produtiva. Comece a construir o seu hoje.

Sobre a pesquisa

A Accenture Research fez uma pesquisa durante o mês de março de 2021 com 9.326 trabalhadores globais nos seguintes países: Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Japão, Cingapura, Suécia, Reino Unido e EUA, além dos seguintes setores: bancário, seguros, mercado de capitais, alta tecnologia, varejo, bens e serviços ao cliente, setor público, saúde, comunicações e mídia, serviços de utilidade pública, energia e ciências da vida. Extensas análises de cluster e regressão foram realizadas para determinar as perspectivas da força de trabalho e quais recursos foram necessários para que as pessoas se sentissem saudáveis e produtivas remotamente, no local de trabalho ou em modelos híbridos.

Sobre os autores

Christie Smith

Lead – Talent & Organization/Human Potential


Yaarit Silverstone

Senior Managing Director – Talent & Organization / Human Potential, Global Strategy Lead & North America Lead


Nicholas Whittall

Senior Managing Director – Accenture Strategy, Talent & Organization, Talent Strategy & Development Global Lead


David Shaw

Senior Managing Director – Talent & Organization / Human Potential, HR Transformation & Delivery Co-lead, UKG Lead


Kent McMillan

Managing Director – Global Lead, Organizational Development and Europe Lead, Intelligent Operating Model

MAIS SOBRE ESTE TEMA

Cuidado para fazer melhor
Aperfeiçoe sua vantagem digital
Boards modernos

CENTRAL DE ASSINATURAS
Continue informado com nossa newsletter Continue informado com nossa newsletter