Applied Intelligence

Atualize-se sobre AI e aprenda como ela pode ajudá-lo a agregar valor aos negócios com nossa coleção selecionada de insights, relatórios e guias.

O que é inteligência artificial?

A inteligência artificial é uma constelação de muitas tecnologias diferentes trabalhando juntas para permitir que as máquinas detectem, compreendam, ajam e aprendam com níveis de inteligência semelhantes aos dos humanos. Talvez seja por isso que parece que a definição de inteligência artificial que as pessoas dão é diferente: A Inteligência Artificial não é só uma única coisa.

Tecnologias como aprendizado de máquina e processamento de linguagem natural fazem parte do cenário de AI. Cada um está evoluindo ao longo de seu próprio caminho e, quando aplicado em combinação com dados, análises e automação, pode ajudar as empresas a atingir seus objetivos, seja melhorando o atendimento ao cliente ou otimizando a cadeia de suprimentos.

Inteligência Artificial limitada (ou "fraca")
Alguns vão ainda mais longe, definindo a inteligência artificial como Inteligência Artificial "limitada" e "geral". A maior parte do que experimentamos em nosso dia a dia é a Inteligência Artificial limitada, que realiza uma única tarefa ou um conjunto de tarefas intimamente relacionadas. Alguns exemplos incluem:

  • Aplicativos meteorológicos
  • Assistentes digitais
  • Software que analisa dados para otimizar uma determinada função de negócio

Esses sistemas são poderosos, mas o campo de atuação é limitado: Tendem a se concentrar em aumentar as eficiências. Mas, com a aplicação certa, a Inteligência Artificial limitada tem imenso poder de transformação — e continua influenciando a forma como trabalhamos e vivemos em escala global.

Inteligência Artificial geral (ou "forte")
A Inteligência Artificial geral é mais parecida com o que você vê em filmes de ficção científica, em que máquinas sensíveis emulam a inteligência humana, pensando de forma estratégica, abstrata e criativa, com capacidade para lidar com uma série de tarefas complexas. Embora as máquinas possam executar algumas tarefas melhor do que os seres humanos (por exemplo, processamento de dados), essa visão totalmente real da Inteligência Artificial geral ainda não existe fora do cinema. É por isso que a colaboração entre máquina e homem é crucial — no mundo de hoje, a inteligência artificial continua sendo uma extensão das capacidades humanas, não uma substituição.

O que é Machine Learning?

Machine Learning é um tipo de IA que permite que os sistemas aprendam padrões com base em dados e, em seguida, melhorem a experiência futura.

Ver a transcrição

Explore nossos últimos insights

Um estudo marcante de líderes C-suite em todo o mundo descreve três fatores críticos de sucesso para escalonar IA.

Rompa as barreiras para escalonar IA e siga nosso roteiro para maximizar o ROI de seus projetos de IA.

Explore as principais tendências tecnológicas que redefinem a intersecção entre pessoas e tecnologia.

Uma nova família de técnicas de Computação de Preservação da Privacidade permite o compartilhamento de dados de forma confiável e segura. Aprenda...

Atualmente, muitas empresas podem ficar sobrecarregadas pelo volume, velocidade e variedade de seus dados e achar...

Veja todas

Por que a IA é importante?

A inteligência artificial tem sido objeto de expectativa tanto da cultura popular quanto da científica, com potencial para transformar negócios, bem como a relação entre pessoas e tecnologia em geral. Então, por que o uso de Inteligência Artificial está atingindo massa crítica hoje?

Devido à proliferação de dados e à maturidade de outras inovações no processamento em nuvem e na capacidade computacional, a adoção de Inteligência Artificial está crescendo mais rápido do que nunca. As empresas agora têm acesso a uma quantidade de dados sem precedentes, incluindo dark data (ou dados escuros) que até o momento não haviam percebido que tinham. Esses tesouros são uma benção para o crescimento da Inteligência Artificial.

Uma fonte fundamental de valor do negócio — quando feito corretamente
A Inteligência Artificial tem sido considerada uma fonte em potencial de inovação empresarial. Com os facilitadores existentes atualmente, as organizações estão começando a ver como a Inteligência Artificial pode multiplicar o valor para eles. A automação reduz custos e traz novos níveis de consistência, velocidade e dimensionamento aos processos de negócios; de fato, alguns clientes da Accenture estão experimentando uma economia de tempo de 70%. Ainda mais atraente, no entanto, é a capacidade da Inteligência Artificial de impulsionar o crescimento. As empresas que se expandem com sucesso veem o retorno sobre seus investimentos em Inteligência Artificial triplicar em comparação com aquelas que estão presas na fase-piloto. Não é de se admirar que 84% dos executivos da alta administração acreditem que devem aproveitar a Inteligência Artificial para alcançar seus objetivos de crescimento.

Agilidade e vantagem competitiva
Inteligência artificial não se traduz apenas por eficiência e agilidade na realização de tarefas trabalhosas. Graças ao machine learning e ao deep learning, os programas de Inteligência Artificial podem aprender com os dados e resultados em tempo quase real, analisando novas informações de muitas fontes e adaptando-se de acordo com elas, tendo um nível de precisão inestimável para os negócios (as recomendações de produto são um exemplo primordial.) Essa capacidade de autoaprendizagem e auto-otimização significa que a Inteligência Artificial compõe continuamente os benefícios do negócio que gera.

Dessa forma, a Inteligência Artificial ajuda as empresas a se adaptarem rapidamente, com um fluxo constante de insights para impulsionar a inovação e a vantagem competitiva em um mundo de constante mudança. Quando dimensionada, a Inteligência Artificial pode se tornar um facilitador-chave de suas prioridades estratégicas — e até mesmo um alicerce para a sobrevivência: Além do mais, três em cada quatro executivos da alta administração acreditam que, se não adotarem a Inteligência Artificial nos próximos cinco anos, correm o risco de ficarem completamente fora dos negócios. Claramente, as apostas são altas para se expandir a IA.

Três em cada quatro executivos da alta administração acreditam que, se não adotarem a Inteligência Artificial nos próximos cinco anos, correm o risco de ficarem completamente fora dos negócios.

Os benefícios da IA

Existem muitas maneiras de definir inteligência artificial, mas o ponto mais importante gira em torno do que a Inteligência Artificial permite fazer.

Eficiência de ponta a ponta: A IA elimina o atrito e melhora a análise e a utilização de recursos em toda a sua organização, resultando em reduções significativas de custos. Também pode automatizar processos complexos e minimizar o tempo de inatividade, prevendo necessidades de manutenção.

Melhora a precisão e a tomada de decisão: A IA expande a inteligência humana com valiosas análises e recursos de previsão de padrões para melhorar a qualidade, eficácia e criatividade das decisões dos funcionários.

Ofertas inteligentes: Como as máquinas pensam diferente dos humanos, elas podem descobrir lacunas e oportunidades no mercado mais rapidamente, ajudando você a introduzir novos produtos, serviços, canais e modelos de negócios com um nível de velocidade e qualidade que não era possível antes.

Funcionários capacitados: A Inteligência Artificial pode lidar com atividades banais, enquanto os funcionários investem tempo em tarefas de alto valor e mais satisfatórias. Ao mudar fundamentalmente a forma como o trabalho é feito e reforçar o papel das pessoas para impulsionar o crescimento, a Inteligência Artificial é projetada para aumentar a produtividade do trabalho.

Atendimento aprimorado ao cliente: O aprendizado contínuo de máquina oferece um fluxo constante de insights de clientes de 360 graus para hiperpersonalização. Desde chatbots 24 horas por dia e 7 dias por semana, até o encaminhamento mais rápido para o help desk, as empresas podem usar a Inteligência Artificial para selecionar informações em tempo real e proporcionar experiências altamente personalizadas que impulsionam o crescimento, a retenção e a satisfação geral.

A Inteligência Artificial é usada de muitas maneiras, mas a verdade predominante é que sua estratégia de Inteligência Artificial é sua estratégia de negócios. Para maximizar seu retorno sobre os investimentos em Inteligência Artificial, identifique as prioridades do seu negócio e, em seguida, determine como a Inteligência Artificial pode ajudar.

Identifique suas prioridades de negócios e, em seguida, determine como a Inteligência Artificial pode ajudar.

O futuro da IA

De acordo com o relatório da Accenture, AI: Built to Scale, 84% dos executivos acreditam que precisam usar a Inteligência Artificial para alcançar seus objetivos de crescimento. No entanto, 76% reconhecem que enfrentam dificuldades para implantar a Inteligência Artificial em seus negócios. Até agora, não houve um projeto para teste de conceito que entrasse em produção e escala, uma transição que muitos lutam para conseguir. Neste ponto de inflexão, é imperativo que as empresas tomem as medidas necessárias para crescer com sucesso.

84%

dos executivos de negócios acreditam que precisam usar a IA para alcançar seus objetivos de crescimento.

76%

reconhecem que enfrentam dificuldades no sentido de implantar a IA em seus negócios.

Defina o valor do seu negócio
Existem inúmeras maneiras de usar a Inteligência Artificial. Como as organizações decidem qual será o foco? Para crescer com sucesso, comece definindo o que significa valor para o seu negócio. Em seguida, avalie e priorize as diversas aplicações da Inteligência Artificial em relação a esses objetivos estratégicos.

Reorganize sua equipe
O impulso crescente da Inteligência Artificial exige uma equipe diversificada e reconfigurada para apoiá-la e expandi-la. Apesar dos temores iniciais de que a inteligência artificial e a automação levariam à perda de empregos, o futuro da Inteligência Artificial depende da colaboração homem-máquina e do imperativo para remodelar o talento e as formas de trabalho.

Estabelecer estruturas de governança e ética
As organizações devem desenvolver sua estratégia de Inteligência Artificial tendo a confiança em mente. Isso significa construir as estruturas de governança certas e garantir que os princípios éticos sejam aplicados no desenvolvimento de algoritmos e softwares.

A aplicação bem sucedida desses fatores pode ajudar as organizações a liberarem um valor exponencial e a se manterem competitivas. A Inteligência Artificial não é mais apenas um item "bom para se ter", mas, sim, fundamental para o futuro de um negócio.

Ética na IA

Nenhuma introdução de inteligência artificial estaria completa sem abordar a ética na Inteligência Artificial. A Inteligência Artificial está se movendo em um ritmo acelerado e, como em qualquer tecnologia poderosa, as organizações precisam estabelecer uma relação de confiança com o público e prestar contas aos seus clientes e funcionários.

Na Accenture, definimos a "IA responsável" como a prática de projetar, construir e implantar Inteligência Artificial de maneira a capacitar funcionários e empresas e impactar de forma justa os clientes e a sociedade — permitindo que as empresas gerem confiança e expandam a Inteligência Artificial de forma assertiva.

Confiança
Todas as empresas que usam IA estão sujeitas a investigações. O Teatro da ética, em que as empresas amplificam seu uso responsável da Inteligência Artificial por meio de RP enquanto participam de atividades pouco claras, é um debate constante. O viés inconsciente é mais um. A Inteligência Artificial responsável é uma capacidade emergente com o objetivo de criar confiança entre organizações e seus funcionários e clientes.

Segurança de Dados
A privacidade dos dados e o uso não autorizado da Inteligência Artificial podem ser prejudiciais tanto em termos de reputação quanto em termos sistêmicos. As empresas devem desenvolver confidencialidade, transparência e segurança em seus programas de Inteligência Artificial desde o início e garantir que os dados sejam coletados, usados, gerenciados e armazenados de forma segura e responsável.

Transparência e explicabilidade
Seja criando um comitê de ética ou revisando seu código de ética, as empresas precisam estabelecer um marco de governança para orientar seus investimentos e evitar riscos éticos, legais e regulatórios. À medida que as tecnologias de Inteligência Artificial se tornam cada vez mais responsáveis pela tomada de decisões, as empresas precisam ser capazes de ver como os sistemas de Inteligência Artificial chegam a um determinado resultado, retirando essas decisões da “caixa preta”. Um marco de governança claro e um comitê de ética podem ajudar no desenvolvimento de práticas e protocolos que garantam que seu código de ética seja devidamente aplicado no desenvolvimento de soluções de Inteligência Artificial.

Controle
As máquinas não têm mentes próprias, mas cometem erros. As organizações devem ter estruturas de risco e planos de contingência em vigor em caso de problema. Seja claro com relação a quem é responsável pelas decisões tomadas pelos sistemas de Inteligência Artificial e defina a abordagem de gestão para ajudar a escalar os problemas quando necessário.

As organizações precisam estabelecer uma relação de confiança com o público e prestar contas aos seus clientes e funcionários.

Capacidades relacionadas

Nossa equipe global de especialistas trabalha com você para investir nas soluções e serviços escaláveis ​​certos para ajudá-lo a atingir seus objetivos de negócios com mais rapidez.

VEJA NOSSAS CAPACIDADES

Junte-se ao time

Entrar em contato

Inteligência Artificial
Fique por dentro das nossas ideias mais recentes Fique por dentro das nossas ideias mais recentes