RELATÓRIO DA PESQUISA

Resumo

Resumo

  • O crescimento da nuvem (ou “cloudificação”) no local de trabalho corporativo está acelerando e tornando-se mais complexo.
  • Enquanto as empresas ainda descobrem o trabalho híbrido, muitos trabalhadores não teem compartilhado o mesmo espaço físico há meses.
  • O sucesso na nuvem de forma contínua não se trata apenas de uma nova plataforma de nuvem. É uma maneira totalmente nova que requer capacitação e mudanças na forma de trabalhar.
  • As empresas devem se concentrar em três partes inter-relacionadas: a força de trabalho humana, o espaço de trabalho físico e o ambiente de trabalho digital.


Com o crescimento da nuvem, trabalhar “em qualquer lugar, de todos os lugares” era um experimento gigante mesmo antes da pandemia da COVID-19. Hoje, para muitos trabalhadores, a principal interface com a cultura corporativa agora são suas telas. É uma mudança radical que a maioria das organizações começou a pensar apenas agora.

As organizações reconheceram a eficiência, escalabilidade, resiliência e desempenho que plataformas como o Microsoft 365 e o Google Workspace trazem. Mas, à medida que adaptam suas estratégias de infraestrutura para a continuidade da nuvem emergente, a cloudificação do local de trabalho acelera e aumenta a complexidade.

Algumas organizações se adaptaram rapidamente, principalmente aquelas que tiveram a visão de adotar a flexibilidade da nuvem desde o início. Outros ainda estão descobrindo como operar em um ambiente híbrido de forma eficaz e segura.

À medida que as empresas são desafiadas a implementar essas plataformas de nuvem em constante evolução, elas também querem garantir que todos possam realmente usar os recursos da nuvem de uma maneira totalmente nova de trabalhar.

O sucesso na continuidade não é simplesmente fazer as mesmas coisas, na maneira antiga, em uma nova plataforma de nuvem – é repensar o que você faz, como você faz e com quem você faz.

Como as empresas devem responder: força de trabalho, local de trabalho, espaço de trabalho

Uma boa maneira de pensar em responder a essas mudanças dramáticas é considerar a questão em três partes inter-relacionadas: a humana, a física e a digital. Em outras palavras, pense tanto no trabalho digital quanto nos espaços físicos (o espaço de trabalho), e nas pessoas que os utilizam (a força de trabalho).

#1 O local de trabalho em mudança:

A continuidade na nuvem oferece às empresas uma mudança radical em poder de computação, armazenamento de dados, geração de insights e acessibilidade de informações. O desafio? Encontrar uma maneira de reunir tudo isto de uma forma que funcione para os funcionários nas atividades diárias.

Automação para as pessoas. Uma das maneiras mais eficazes de fazer isso é dar mais alavancas de controle aos indivíduos. Por exemplo, hoje existem uma variedade de plataformas low-code/no-code que democratizam a empresa digital, permitindo que os trabalhadores aumentem a própria tomada de decisão, automatizem os processos ou resolvam os problemas de negócios com dados. Isso coloca o poder da automação e do insight de dados nas mãos das pessoas que podem, em última análise, fazer melhor uso dele, no momento em que mais precisam.

Melhoria de processos como serviço. Outra opção é considerar a “melhoria de processos como um serviço”. Nesse modelo, a empresa usa um hub centralizado de talentos para melhoria de processos - internamente ou de um fornecedor externo - e apoia equipes e indivíduos a resolver desafios comerciais especificos. Um bom exemplo é um conceito de estúdio de produtividade. Aqui, um grupo de especialistas especializados em melhoria de processos ajuda a empresa a criar novas soluções para problemas específicos, que podem ser desmembrados e reutilizados em outras partes da organização.

O local de trabalho digital integrado. Os trabalhadores frequentemente têm que lidar com um ambiente fragmentado, com dezenas de aplicativos em silos usados ​​para diferentes atividades diárias. Portanto, toda empresa deveria considerar a integração dos recursos de trabalho. Em vez de precisar acessar 20 aplicativos diferentes para realizar seu trabalho, os trabalhadores devem ter acesso às ferramentas necessárias por meio de um ambiente primário. Isso pode ser um hub de trabalho central para email, Microsoft Teams ou qualquer outro local de trabalho corporativo.

Até os pequenos passos importam. As intervenções não precisam ser radicais para serem eficazes. A Accenture trabalhou com líderes executivos em uma empresa de saúde para ajudá-la a maximizar o valor da plataforma Microsoft Teams. Desde ações simples, como gravar notas de reuniões e atribuir itens de ação a uma colaboração mais ampla em tempo real, ajudou o pessoal da organização a fazer melhor uso da tecnologia de nuvem que já tinham, ao mesmo tempo em que derrubava as barreiras tradicionais de silos organizacionais.

#2 O espaço de trabalho em mudança:

Um dos principais usos dos recursos da nuvem contínua no local de trabalho é reduzir o atrito, seja acessando um prédio ou encontrando um espaço para reuniões. A medida que tudo se conecta, há mais oportunidades para eliminar o atrito.

O que você poderia fazer com um "gêmeo digital" do espaço de trabalho? Por exemplo, pense em algo como a ocupação do local de trabalho. No passado, se as empresas quisessem entender o uso dos edifícios, as organizações empregavam pessoas para andar pelos andares, validando quais mesas estavam ocupadas, quais salas de reunião estavam sendo usadas e assim por diante. Mas, graças à nuvem, agora é relativamente simples conectar os pontos entre diferentes sistemas, descobrir quem está fazendo o quê e onde, a qualquer momento, e analisar essas informações em tempo real.

Levando isso um passo adiante, a empresa pode construir um “gêmeo digital” (uma representação digital em tempo real) de todo o local de trabalho físico. Os insights podem ser transformadores, não apenas para o uso eficiente da infraestrutura física, mas também para outras atividades, como planejamento de capacidade, consumo de energia e aplicação de protocolos para COVID. Por exemplo, sensores que monitoram os níveis de pólen em tempo real podem ativar sistemas de filtragem adicionais e reduzir os riscos à saúde, mas permanecem inativos para economizar energia.

E quanto ao acesso e segurança? Muitos protocolos e sistemas corporativos ainda estão se atualizando com o fato de que quase todos os funcionários – e todos os convidados também – que entram no local de trabalho têm um smartphone de alta potência no bolso que provavelmente está equipado com recursos de segurança biométrica. Em conjunto com a nuvem contínua, agora é possível usar o smartphone como um crachá para autenticar indivíduos e dar acesso a espaços e sistemas. Dado o quão complicados e manualmente intensivos muitos desses processos são, o potencial para reduzir o atrito no espaço de trabalho é enorme.

#3 A força de trabalho em mudança:

Muito do que fazemos em espaços digitais produz dados. O mesmo acontece nos espaços físicos. Com as modernas tecnologias de análise, está se tornando cada vez mais possível extrair insights da força de trabalho que apoiem a experiência e o engajamento dos funcionários desse vasto volume de informações.

Um "gêmeo digital" do indivíduo? É provável que em breve possamos construir gêmeos digitais de pessoas em tempo real, assim como fazemos para edifícios e sistemas. Considere, por exemplo, como os dados dos sistemas de gerenciamento de capital humano podem ser usados ​​em conjunto com outros dados do sistema para determinar se um indivíduo possui as habilidades certas para a função ou tarefas específicas que lhe foram atribuídas.

Ou que tal fornecer apoio e orientação para o bem-estar de um indivíduo? Uma das desvantagens de trabalhar de qualquer lugar em um ambiente com o uso contínuo da nuvem é o risco de sobrecarga cognitiva individual. Às vezes, há simplesmente muita informação para qualquer pessoa processar de uma só vez. Este já é um problema real e só deve crescer à medida que o continuum expande na vida profissional do dia-a-dia.

Armado com os dados certos em tempo real, além do modelo de consentimento e privacidade de dados corretos, será possível desenvolver sistemas que possam detectar os sinais de esgotamento ou insatisfação do trabalhador - e intervir de acordo.

Prestar mais atenção à retenção. Uma empresa farmacêutica decidiu melhorar a satisfação da força de trabalho tratando os funcionários como se fossem clientes. A Accenture ajudou a organização a introduzir novos modelos analíticos – muitos baseados em insights de longa data de pesquisas com clientes – para interpretar as reações dos funcionários às iniciativas corporativas e informar uma abordagem mais direcionada e inteligente. Isso ajudou a aumentar a retenção de funcionários em um momento de grande demanda por talentos críticos.

Abra caminho para um local de trabalho pronto para a continuidade da nuvem

Assim como em todos os aspectos da infraestrutura corporativa, a continuidade da nuvem demanda que os líderes sejam ousados ao repensar como os locais de trabalho precisam evoluir. Aqui estão algumas das principais coisas para pensar primeiro:

Como seu pessoal está usando os espaços hoje?

Sua infraestrutura digital pode atender às necessidades do local de trabalho?

Como você manterá a cultura de forma contínua?

A organização pode medir o ROI em termos de bem-estar?

Veja todas

A experiência do funcionário é o núcleo do local de trabalho na nuvem contínua. À medida que as organizações adaptam estratégias e tomam novas decisões para a infraestrutura física e digital do local de trabalho, elas têm a oportunidade crítica de causar impacto no aspecto humano.

E com uma estratégia centrada no ser humano, as empresas podem pensar sobre a melhor forma de aproveitar a continuidade da nuvem para otimizar o físico e o digital para as pessoas que fazem o local de trabalho funcionar.

Nossos insights

Cloud

Uma nova abordagem para o marketing na nuvem

Saiba porque agora é um bom momento para rearquitetar.
Cloud

Reinvente a sua empresa por meio de uma infraestrutura de TI sempre pronta

Uma nova abordagem pode ajudar companhias a realmente se reinventar com a nuvem.
Cloud

Desbloqueie a inovação em nuvem híbrida

A nuvem pública parecia a solução perfeita. Mas à medida que a nuvem evolui, mais empresas estão se voltando para uma abordagem de nuvem híbrida.
CENTRAL DE ASSINATURAS
Continue informado com nossa newsletter Continue informado com nossa newsletter