RELATÓRIO DA PESQUISA

Resumo

Resumo

  • A inteligência artificial (AI) influencia a forma como vivemos e trabalhamos, no entanto a maioria das organizações ainda mal começou a tirar proveito de todo o potencial da IA.
  • A pesquisa da Accenture revelou que apenas 12% das organizações desenvolveram maturidade de IA o suficiente para alcançarem uma transformação e um crescimento dos seus negócios.
  • Estes "Conquistadores da IA" verificaram um crescimento das receitas 50% superior aos seus pares, apresentando um maior desempenho em sustentabilidade e experiência do cliente.
  • Estas organizações destacam-se das restantes em 5 áreas distintas, incluindo o design responsável da IA, desde o início.


A importancia da maturidade da IA

Organizações de todos os setores dependem e investem em IA para melhorar o serviço ao cliente, aumentar a eficiência, capacitar os colaboradores e muito mais. No entanto, a maioria das organizações ainda mal começou a tirar o máximo proveito de todo o potencial da IA e dos respetivos investimentos.

Em 2021, das 2000 maiores empresas do mundo (por capitalização bolsista), as que discutiram IA nas respetivas divulgações de resultados tinham 40% mais probabilidade de verificarem um aumento do preço das ações, comparativamente a 23% em 2018. No entanto, a mais recente pesquisa da Accenture que analisa detalhadamente cerca de 1200 organizações, revelou que apenas 12% desenvolveram a respetiva maturidade da IA o suficiente para alcançarem uma transformação e um crescimento dos seus negócios. Estes "Conquistadores da IA" investem, em média, quase 30% dos seus rendimentos em IA. E mesmo na era pré-pandemia (2019), verificaram, em média, um crescimento das receitas 50% superior aos respetivos pares. Tendo também apresentado um maior desempenho em termos de sustentabilidade e experiência do cliente. 

Os nossos estudos sugerem que a percentagem dos Conquistadores da IA irá aumentar de forma rápida e significativa e irá mais do que duplicar dos atuais 12% para 27% até 2024. Alcançar a maturidade da IA já não é uma escolha, é um desafio e uma oportunidade para todas as indústrias, organizações e líderes.

Segundo a nossa previsão, a percentagem de "Conquistadores da IA" irá aumentar de forma rápida e significativa e irá mais do que duplicar dos atuais 12% para 27% até 2024.

Avançar da prática para o desempenho

A maturidade da IA baseia-se no domínio de capacidades-chave nas combinações certas que contribuem para uma vantagem competitiva, não apenas no que diz respeito aos dados e à IA, mas também à estratégia organizacional, ao talento e à cultura. O sucesso não depende da robustez de nenhuma capacidade de forma isolada, mas da combinação dos seus pontos fortes.

Estas incluem capacidades de IA "estruturais", tais como ferramentas e plataformas de cloud, plataformas de dados, arquitetura e governação, necessárias para acompanhar o ritmo da concorrência. Também inclui capacidades de "diferenciação" da IA, como a estratégia da IA e o apoio dos executivos de topo, em combinação com uma cultura de inovação ousada.

Como os Conquistadores da IA estão a aperfeiçoar o seu desempenho: 5 factores de sucesso

Para além de ciência, existe também arte no caminho para a maturidade da IA. Avançar da prática para o desempenho requer foco e compromisso. Estas são as 5 coisas que podemos aprender com os Conquistadores da IA:

Defenda

a IA como uma prioridade estratégica para toda a organização, com o apoio total  da liderança.

Invista

fortemente em talento para tirar mais proveito dos investimentos em IA.

Industrialize

as ferramentas de IA e as equipas para criar  um núcleo de IA à escala.

Construa

a IA de forma responsável desde o início.

Priorize

investimentos em IA a curto e médio prazo.

VER TUDO

Com as estratégias e prioridades certas, mais organizações podem ser Conquistadores da IA, incorporando a IA de forma responsável em tudo o que fazem e colhendo os frutos agora e no futuro. Embora a ciência da IA seja inovadora e inspiradora, aproveitar todo o seu potencial é uma arte que os líderes devem praticar continuamente.

Avaliação da maturidade da IA: questões para executivos de topo

Questões principais:

  • A liderança é responsável pela estratégia e execução de dados e IA?
  • Como se identifica o valor potencial e como os casos de negócios são priorizados, considerando o potencial, os riscos e o alinhamento com a estratégia geral da organização?
  • Estão a ser alocados os recursos necessários para a criação interna de produtos e serviços de IA e retira-se o máximo proveito de parceiros do ecossistema?

Questões principais:

  • Até que ponto a estratégia de tecnologia e a plataforma de cloud suportam a estratégia de IA?
  • Existe uma plataforma de dados eficaz, disponível para toda a organização, bem como práticas sólidas de gestão e governança de dados, para atender às necessidades do negócio?
  • Existem equipas de data science e machine learning a trabalhar em todo o ciclo de vida do desenvolvimento de IA?

Questões principais:

  • A estratégia de literacia em dados e IA está alinhada com os objetivos do negócio?
  • Até que ponto foi incentivada a capacitação em dados e IA, dos líderes de topo, partes interessadas dos negócios e restantes colaboradores da organização?
  • Existe um modelo de talento holístico para dimensionar, diferenciar, reter e desenvolver talentos de IA (equipas diversas e dedicadas de engenheiros de machine learning e data science)?
  • Como está a ser estabelecida uma cultura de dados e IA na organização?

Questões principais:

  • Existe uma estrutura integrada, dos princípios à prática, em toda a organização para ajudar a operacionalizar dados responsáveis e IA?
  • Está a ser aplicada uma abordagem de IA e dados responsáveis consistente e replicável, em todo o ciclo de vida de todos os seus modelos de IA?
  • Existe um acompanhamento da evolução das leis e regulamentações relacionadas com a IA nas diferentes jurisdições em que opera, antecipando e preparando a organização para mudanças futuras?

Sanjeev Vohra

Lead – Accenture Applied Intelligence


Ajay Vasal

Growth & Strategy Lead – Accenture Applied Intelligence


Philippe Roussiere

Global Lead – Research Innovation

MAIS SOBRE ESTE TEMA

IA Responsável: Dos princípios à prática
Escalar a IA: Devolver aos dados a sua importância
Os 3 pilares de construção de plataforma de IA e dados inteligentes

A nossa liderança

SUBSCRIÇÃO
Visite o nosso Centro de Subscrição e Preferências Visite o nosso Centro de Subscrição e Preferências