Skip to main content Skip to footer

RELATÓRIO DA PESQUISA

Como o MES na nuvem acelera a manufatura inteligente

10 MINUTOS DE LEITURA

agosto 1, 2023

Resumo

  • As indústrias devem passar a considerar a transição de seus sistemas MES para a nuvem para acelerar a sua jornada para a manufatura inteligente.
  • Arquiteturas estanques e de infraestrutura local demandam altos custos e esforços de manutenção e não são tão seguras comparadas às baseadas na nuvem.
  • Já existem metodologias consolidadas para trilhar a jornada rumo ao MES do Futuro, garantindo mínimo risco para as operações no cenário transitório.

Por que e como o MES na nuvem está acelerando a manufatura inteligente

Os sistemas MES (Manufacturing Execution Systems), de maneira geral, são desenhados com arquiteturas robustas, estanques e mais próximos da operação, e isso exige que tanto a estrutura física quanto a estrutura de serviços de suporte sejam locais.

Atualmente, soluções MES de arquiteturas mais modernas, com hospedagem remota em data centers e a utilização da Cloud, se tornaram as principais abordagens em alguns setores da indústria.

A adoção de sistemas industriais hospedados na nuvem tem se expandido há anos e foi acelerada pelo contexto da pandemia. Os critérios de avaliação de MES também foram atualizados nos últimos anos, sendo considerado mais importante a prontidão e disponibilidade de recursos na Cloud, o que causou movimentações importantes entre os principais players.

O ecossistema de manufatura inteligente

O MES consolida e dá contexto aos dados que alimentam modelos de machine learning, simuladores, otimizadores e outras formas de inteligência artificial, resultando em inteligência de negócio.

Um MES na Cloud, além de ser efetivo em custos, se beneficia da continuidade propiciada pela nuvem em:

  • Integração e correlação de dados;
  • Coleta de dados de sensores IIoT;
  • Fácil habilitação de plataformas analíticas e de Inteligência Artificial;
  • Ferramentas low-code e no-code.
Gráfico sobre o ecossistema de manufatura inteligente com MES na Nuvem.
Gráfico sobre o ecossistema de manufatura inteligente com MES na Nuvem.

Benefícios de um MES na Nuvem

  • Facilita o acesso em tempo real aos dados de desempenho e leva à tomada de decisões mais rápidas.
  • O fim dos silos de dados permite que SME’s colaborem entre plantas para redução de custos e aumento de produtividade.
  • Com implementação rápida e simples, o MES na Nuvem permite que as equipes de TI prossigam para outras atividades de maior valor agregado, além de habilitar cenários antes inviáveis.
  • A nuvem oferece melhores recursos de recuperação de desastres.
  • A elasticidade permite utilizar apenas o estritamente necessário, sem deixar recursos ociosos. Além de reduzir o custo, permite a redução da pegada de carbono criada por data centers próprios.
  • Habilidade para funcionar em localidades que em outras situações seriam consideradas pequenas demais para a implementação de sua própria infraestrutura de MOM.
  • A segurança é mantida e constantemente atualizada pelo provedor da nuvem e tira a necessidade de mão de obra especializada.
  • Mesmo em situações de descontinuidade na comunicação com a nuvem, as soluções de edge computing permitem que funcionalidades críticas sejam executadas localmente.

Um olhar para a indústria de metais

As constantes variações nos preços dos metais básicos, e o desejo de alinhamento aos temas da agenda ESG, têm forçado a indústria de metais a buscar meios mais eficientes para produzir e escoar seus produtos.

Ações concretas tomadas pela indústria passam pela adoção de tecnologias mais modernas, tanto nos sistemas industriais que suportam a operação, quanto no processo produtivo em si.

Em termos de sistemas, para se atender às necessidades da indústria, busca-se os nativos em cloud com inteligência analítica, abrangência multi-site e visão fim a fim da cadeia produtiva.

Para aqueles que já adotam sistemas MES na nuvem, os principais resultados reportados passam por melhoras no planejamento da produção, na qualidade do produto, otimização da utilização de recursos e no aumento da segurança.

WRITTEN BY

Christian Souza

Industry X Senior Manager

Glauber Prates

Industry X Senior Manager

Juliana Queiroz

Industry X Consultant

Reinaldo Colares

Industry X Consultant