Em resumo

Em resumo

  • Interações mais humanas com a tecnologia vão criar experiências radicalmente novas, de forma simples e elegante.
  • Os sistemas vão falar, ouvir, ver e entender a forma como as pessoas trabalham, graças aos avanços no processamento da linguagem natural, visão computacional, reconhecimento de voz e machine learning.
  • As organizações devem aprender a dominar os processos de desenvolvimento centrados no ser humano, estimular uma cultura de pertença e a experimentação antecipada de tecnologias com potencial a nível comercial.


Descubra algumas das formas pelas quais os líderes de hoje podem começar a repensar experiências personalizadas de acordo com as necessidades dos seus clientes e colaboradores.

Etapas práticas

Sistemas radicalmente humanos já estão a inverter décadas de pensamento convencional sobre o modo como os humanos e as máquinas interagem. Experiências de utilizador simples e elegantes, e interfaces homem-máquina “invisíveis” estão agora na linha da frente da diferenciação competitiva. Isto significa que a vantagem no futuro será daqueles que concebem sistemas ajustados às pessoas – e não nos negócios que continuam à espera que as pessoas se ajustem aos sistemas.

Etapa 1

Potenciar o desenvolvimento centrado no humano. As organizações líderes estão a colocar os humanos ao centro nos processos de design, reconhecendo que dados e tecnologia, por si só, não conseguem resolver todos os problemas. O melhor design de experiência de utilizador baseia-se na criação de empatia - compreender verdadeiramente as necessidades das pessoas que utilizam o sistema.

Etapa 2

Eliminar barreiras organizacionais e culturais. As organizações devem analisar se as barreiras organizacionais ou culturais estão a comprometer a velocidade e responsabilidade necessárias para desenvolver sistemas radicalmente humanos. Devem também avaliar os produtos, serviços e modelos de negócio de forma holística, estimulando uma cultura de pertença desde a ideia inicial até à experiência de utilizador.

Etapa 3

Não esperar para testar tecnologias emergentes. A experimentação antecipada e prática são as melhores formas de começar a imaginar as possibilidades de negócio de tecnologias como inteligência artificial, extended reality e reconhecimento de voz, à medida que vão amadurecendo.

Sistemas radicalmente humanos combinam tecnologia de ponta e design centrado no humano, para criar vantagem no futuro.

Bhaskar Ghosh

Diretor Executivo do Grupo – Accenture Technology Services


Paul Daugherty

CHIEF TECHNOLOGY AND INNOVATION OFFICER - ACCENTURE

MAIS SOBRE ESTE TEMA


Documentos de Suporte

Leitura completa

60 minutos de leitura

Relatório da Pesquisa

Explore em detalhe como as organizações podem construir sistemas prósperos para escalar inovações num mundo em constantes mudanças.

RELATÓRIO COMPLETO

Em resumo

10 minutos de leitura

Em resumo

Pronto para posicionar a sua organização como líder num mundo em constante mudança? Aqui está um breve resumo para poder começar.

VER

Slideshare

5 minutos de leitura

Um breve resumo de como os sistemas vão evoluir até 2021, para ajudar as organizações a escalar a inovação.

Siga-nos nas redes

SUBSCREVER
Mantenha-se informado com a nossa newsletter Mantenha-se informado com a nossa newsletter