Em resumo

Em resumo

  • A tecnologia empresarial está a mudar mais rápido que nunca. Os limites tradicionais entre tecnologias estão a desfazer-se. As aplicações estão a evoluir para sistemas vivos de tecnologia, infraestrutura e pessoas - abrindo um novo espaço para a inovação.
  • Contudo, as diversas formas de trabalhar e as aplicações. Colmatar esta lacuna de inovação exige novas formas de pensar e trabalhar que são muito mais experimentais, ágeis e resilientes - apoiadas pela tecnologia.
  • “Future Systems”, o mais recente relatório da Accenture, descreve as características de futuros sistemas de sucesso - sem fronteiras, adaptáveis, radicalmente humanos - e de que forma as organizações podem usá-los para prosperar num mundo em constante mudança.


A tecnologia está a mudar mais rápido que nunca. As aplicações estão a fundir-se com dados e infraestrutura, a mover-se para o exterior da empresa e a evoluir para sistemas, incorporando-se profundamente no nosso quotidiano.

Essas fronteiras indefinidas estão a transformar a própria natureza das relações homem-máquina e a mudar fundamentalmente a nossa compreensão da tecnologia empresarial. Aplicações, dados e infraestrutura estão a evoluir para sistemas vivos - com as pessoas ao centro. É uma mudança radical para a maioria das organizações, tanto tecnológica como culturalmente.

O mais recente relatório da Accenture, Future Systems, explora em detalhe essas tendências tecnológicas. Descreve as lacunas de inovação que estão a ser criadas em muitas organizações, e explica a nova forma de pensar necessária para as colmatar e ampliar a inovação - impulsionado por experimentação, agilidade, resiliência e uma força de trabalho evoluída. E isso encaixa-se na natureza do que significa construir sistemas futuros de sucesso e prosperar num mundo em constante mutação.

"As organizações só podem escalar a inovação e maximizar o valor, através da compreensão de futuros sistemas prósperos." 

– BHASKAR GHOSH, Diretor Executivo do Grupo - Accenture Technology Services

Desafios da mudança acelerada

O ritmo vertiginoso da mudança cria novos desafios bem como novas oportunidades. Aplicações e infraestruturas construídas para outra era, juntamente com formas de trabalhar desajustadas, estão a limitar a capacidade das organizações para inovar em escala. Problemas na qualidade dos dados estão a limitar a inovação no uso efetivo da inteligência artificial (IA) e a força de trabalho está frequentemente condicionada por tecnologias obsoletas.

O grande risco? Sem uma mudança fundamental, desbloquear o crescimento através da colaboração e inovação permanece, para sempre, fora de alcance.

85%

dos executivos concordam que a força e o impacto do ecossistema de relações vai depender da sua tecnologia de suporte.
“Accenture Technology Vision 2018 Survey”, Accenture, 14 de fevereiro de 2018

97%

das decisões de negócio utilizam dados que os gestores consideram de baixa qualidade.
"Apenas 3% dos dados das organizações atendem aos padrões básicos de qualidade", Harvard Business Review, 11 de setembro de 2017

As três características dos futuros sistemas

Existem três características fundamentais de futuros sistemas que podem mudar para sempre a forma como trabalhamos e vivemos.

Os sistemas sem fronteiras 

Os sistemas sem fronteiras aproveitam as fronteiras ténues - dentro da das várias tecnologias, entre as organizações e entre os seres humanos e as máquinas - para criar novos espaços onde as ideias e as parcerias florescem.

Adaptável

Os sistemas adaptáveis aprendem, melhoram e adaptam-se por si mesmos, eliminando o atrito que impede o crescimento dos negócios e capacitando os humanos para tomar melhores decisões, exponencialmente mais rápidas.

Radicalmente Humano 

Sistemas radicalmente humanos falam, ouvem, veem e entendem tal como nós fazemos, trazendo uma elegante simplicidade a todas as interações homem-máquina e criando vantagens futuras.


Uma breve visão geral de como os sistemas vão evoluir até 2021 para ajudar as empresas a ampliar a inovação.

"Está na hora de começar a pensar em aplicações, infraestrutura e colaboradores como sistemas interconectados, em vez de entidades autónomas distintas."

– PAUL DAUGHERTY, Diretor de Tecnologia e Inovação

Bhaskar Ghosh

Diretor Executivo do Grupo – Accenture Technology Services


Paul Daugherty

CHIEF TECHNOLOGY AND INNOVATION OFFICER - ACCENTURE

MAIS SOBRE ESTE TEMA


Documentos de suporte

Leitura completa

60 minutos de leitura

Relatório completo

Explore em detalhe como as organizações podem construir sistemas prósperos para escalar novas inovações num mundo em constantes mudanças.

Ver relatório completo

Em resumo

10 minutos de leitura

Resumo executivo

Pronto para posicionar a sua organização como líder num mundo em constante mudança? Aqui está um breve resumo para poder começar.

Ver

Siga-nos nas redes

SUBSCREVER
Mantenha-se informado com a nossa newsletter Mantenha-se informado com a nossa newsletter