RELATÓRIO DA PESQUISA

Resumo

Resumo

  • Numa era de disrupção digital, as organizações são desafiadas a mudar para negócios novos e escaláveis, ao mesmo tempo em que transformam as operações existentes.
  • A Rotação Inteligente exige uma abordagem de investimento que permita que as empresas criem novos negócios importantes sem abandonar prematuramente o seu core business.
  • As organizações que dominam a Rotação Inteligente estão em melhor posição para extrair o máximo valor do seu core business e procurar novas atividades de negócio.
  • A Rotação Inteligente é uma jornada única para cada organização - encontrámos cenários iniciais para que cada empresa possa traçar o seu próprio caminho.


Quem prospera numa era de constante disrupção?

Não é preciso procurar muito, por exemplo a Nike, cujo plano de crescimento de longo prazo envolve uma enorme transformação para acelerar a inovação de produtos, diminuir para metade o time-to-market e melhorar a experiência em loja e on-line dos seus clientes. Ou a Merck KGaA, gigante farmacêutica e química, que na última década não apenas reestruturou os seus negócios, mas também os expandiu para novos segmentos da indústria - no valor de US $ 21 bilhões em novas aquisições - para gerar crescimento sem precedentes e fortes margens nos últimos anos.

Estas empresas são apenas algumas das organizações que estão a investir no futuro - para preparar propositadamente os negócios para a mudança. Fazem-no direcionando a capacidade de investimento disponível para novos negócios escaláveis, enquanto continuam a transformar e expandir o seu core business. Mas conseguir o equilíbrio ideal pode ser um desafio.

33%

das organizações que analisámos (no total de 1500) adotaram uma estratégia agressiva de investimento, focada em oportunidades futuras.

55%

das organizações que analisámos (no total de 1500) adotaram uma estratégia cautelosa de investimento, focada no core business.

Rotação para novos negócios, com confiança

A Rotação Inteligente exige uma nova estratégia de investimento. Essa estratégia começa ao avaliar a capacidade de investimento de uma organização (recursos disponíveis para investir) e a velocidade de investimento (a velocidade com que a empresa tem adotado novas atividades de negócio). A Rotação Inteligente também depende do mindset correto e confiante que coloca a liderança - especificamente o CFO - no centro da tomada de decisão, para obter uma interação holística e eficaz entre os investimentos em atividades de negócio novas e antigas.

O timing é fundamental – Seja flexível

Algumas organizações apenas se transformam para responder reativamente à disrupção. Rotação Inteligente, no entanto, significa estar atento ao momento certo para transferir investimentos e atividades para novos negócios:

  • Quando as coisas estão a correr bem: Rodar a partir de uma posição de força permite que as organizações assumam riscos calculados com novas atividades de negócios.
  • Quando a disrupção na indústria abre portas a possibilidades em áreas completamente novas: Ter a coragem de experimentar novos mercados cedo, a fim de identificar oportunidades que possam levar a fortes ganhos financeiros no futuro próximo.

Para aproveitar essas oportunidades, a estratégia de investimento de uma organização precisa de ser flexível – fazer a rotação inteligente demora anos - entre a manutenção de um negócio forte e lucrativo que possa atender às expectativas dos acionistas enquanto também cria opções para o crescimento futuro.

"Os riscos são elevados. Investir demasiado em novas áreas de negócio para estimular a inovação pode ser excessivo para a saúde financeira, e mudar lentamente pode tornar a empresa e o negócio obsoleto”.

– OMAR ABBOSH, Chief Strategy Officer, Accenture

O percurso é diferente para todos

O caminho que qualquer empresa deve seguir depende da sua posição, e da oportunidade que desencadeia a ação. Aqui estão quatro diferentes cenários “iniciais” a serem considerados, cada um refletindo um nível diferente de capacidade de investimento e vontade para fazer movimentos decisivos:

Determinada
33% das organizações

Adotaram uma estratégia agressiva de investimento sustentada por alta capacidade de investimento, para criar futuras opções de crescimento à frente dos seus pares.

O que vem a seguir? Como escalar novos negócios com rapidez?

Limitada
12% das organizações

Adotaram uma estratégia de investimento agressiva, mas a vontade para investir no crescimento futuro é limitado pela capacidade de investimento.

O que vem a seguir? Que fontes de financiamento alternativas podem ajudar a aumentar a capacidade de investimento?

Reservada
22% das organizações

Adotaram uma estratégia cautelosa de investimento, apesar da alta capacidade de investimento, focando-se na manutenção dos negócios atuais.

O que vem a seguir? Que novos mercados atacar para potenciar o forte negocio atual?

Contida
33% das organizações

Adotaram uma estratégia de investimento cautelosa, necessitam de repor a capacidade de investimento ou encontrar novas oportunidades de crescimento dentro dos limites.

O que vem a seguir? Como reformular o negócio atual para restabelecer a capacidade de investimento?

O papel fundamental do CFO

É imperativo levar o mindset correto para a tomada de decisão. Quem melhor para incluir do que o CFO, cuja função e especialização são perfeitamente dedicados a ajudar uma empresa a encontrar um equilíbrio entre os investimentos em atividades de negócios antigos e novos?

Como podem os CFOs apoiar o CEO:

  1. Criar compromisso com novos negócios

    Reconhecer uma ideia vencedora não é fácil - mas comprometer-se com investimentos plurianuais em inovação, aquisição de novos ativos e novas capacidades é ainda mais difícil. Porquê? Novos negócios, especialmente aqueles que são impulsionados por tecnologias emergentes, geralmente demoram mais para serem desenvolvidos e ampliados, mas oferecem possíveis recompensas posteriormente.

    O que podem fazer os CFOs:

    • Colaborar com outros líderes de negócio para definir os seus próprios “negócios do futuro”, mesmo que o negócio atual não esteja sob pressão iminente.
    • Definir o perfil económico e métricas de sucesso relevantes para novos negócios.
    • Rodar e priorizar a alocação de capital para apoiar o crescimento de novos negócios, para evitar ter que competir com o core business.
    • Apoiar a capacidade para conduzir a experimentação para o Novo.
  2. Ser transparentes acerca de sinergias

    À medida que buscam novas oportunidades de crescimento, as empresas devem ser proativas na procura de sinergias entre o core business e novas oportunidades - em termos de produtos, canais, clientes, eficiência operacional e talento.

    O que podem fazer os CFOs:

    • Agrupar / reutilizar ativos relevantes para criar “fôlego” para o crescimento.
    • Criar incentivos para que os líderes das unidades de negócio potenciem novos recursos digitais e criar incentivos contabilizáveis para trazer a inovação de volta ao core.
    • Incentivar a transição do talento financeiro com as competências adequadas, do core business para as novas oportunidades de negócio.
    • Desenvolver uma abordagem convincente para a comunidade de investidores que fortaleça a confiança na capacidade da empresa de gerar sinergias entre o core business e os novos negócios.
  3. Crescer através de parcerias no ecossistema

    Potenciar parcerias entre os ecossistemas dentro e para além dos limites do setor pode permitir que uma empresa explore e dimensione novas oportunidades, muitas vezes mais arriscadas, com muito maior rapidez do que seria possível de outra forma.

    O que podem fazer os CFOs:

    • Desenvolver uma estratégia comercial de ecossistema para identificar e aproveitar novas oportunidades ou ideias.
    • Configurar um mecanismo financeiro para bloquear a inovação dentro do ecossistema.
    • Adotar um mind-set de investidor exterior ou “outside-in”.
    • Saber avaliar e decidir quando abandonar as parcerias que limitam o potencial de crescimento e encontrar oportunidades mais estratégicas ou mais lucrativas.

Aprender a fazer a Rotação Inteligente

Na atualidade, a estabilidade nos negócios não é o objetivo final. Oportunidade vem de aprender a Rotação Inteligente. Essa rotação será diferente para cada empresa, enquanto o sucesso depende dos mesmos fatores: a disposição dos líderes empresariais, especialmente os CFOs, de se comprometer com novos negócios, ser transparentes sobre sinergias e colaborar. As organizações que seguem a rota financeira tradicional vão ter dificuldade em atingir novas oportunidades de negócio- mas, ao fazer uma Rotação Inteligente, podem aproveitar a oportunidade para liderar o Novo.

Sobre o estudo

Utilizámos o nosso modelo de diagnóstico para avaliar as atividades de investimento e financeiras das empresas que realizam a Rotação Inteligente. O modelo avalia a intensidade de rotação das empresas ao longo de um período de cinco anos, usando duas medidas:

  • Capacidade de investimento: uma função de três fatores, incluindo liquidez, capacidade de restabelecimento de capital e acesso a financiamento que são combinados para determinar um índice de pontuação.
  • Velocidade de investimento: uma combinação da direção (a mudança do investimento em negócios futuros) e a taxa de investimento (a rapidez com que os investimentos são alocados em comparação com os concorrentes).

1500

Empresas de serviços não-financeiros.

14

Indústrias

Sobre os autores

Dr. Christian Campagna

Senior Managing Director – CFO & Enterprise Value


David Axson

Managing Director – CFO & Enterprise Value


Dr. Vedrana Savic

Managing Director – Thought Leadership


Dr. Daniel Huedig

Senior Principal – Corporate Finance Research

LEIA MAIS SOBRE ESTE TEMA


Documentos de suporte

Como as empresas líderes investem e inovam para tirar partido poder da disrupção.

45 minutos de leitura

Investir para potenciar a Rotação Inteligente

Cada empresa tem um caminho distinto para o Novo. Determine como, quando e onde escolher o seu.

RELATÓRIO COMPLETO

SlideShare

10 minutos de leitura

Sumário executivo

Siga-nos nas redes

Subscrição newsletter
Mantenha-se informado com a nossa newsletter Mantenha-se informado com a nossa newsletter