RELATÓRIO DA PESQUISA

Em resumo

Em resumo

  • A disrupção está a mudar a forma como trabalhamos, exigindo que as organizações se movam com rapidez e confiança, inovando de forma contínua.
  • Neste contexto de disrupção, a maioria das empresas é desafiada a abraçar novas oportunidades de negócio.
  • Apenas 6% das organizações que adotam novas atividades de negócio, cedo e com confiança, estão a alcançar um melhor desempenho financeiro em comparação com outras.
  • Neste relatório, exploramos como as empresas de sucesso estão a potenciar o crescimento através de uma abordagem estratégica de rotação para novas oportunidades de negócio.


Rotação para o Novo sem abandonar o core

As organizações estão atualmente num ponto de inflexão. Os líderes empresariais sabem que ter sucesso na era digital exige que assumam as forças disruptivas e de transformação do seu setor com confiança, velocidade e inovação contínua. Mas a realidade é que apenas 6% dos executivos C-level afirmam ter conseguido adotar novas atividades de negócio sem hesitar.

O que é então necessário? Chamamos-lhe a Rotação Inteligente, uma estratégia adequada à era digital que pode ajudar as empresas a procurar novas oportunidades de crescimento sem abandonar o seu core business.

Além disso, as organizações que fazem esta rotação inteligente sabem como permanentemente ajustar e avaliar os seus investimentos de forma a desenvolver novos negócios no momento ideal.

Três características dos “Rotation Masters”

Abraçar novas oportunidades de negócio de forma decidida é um desafio para a maioria das organizações. Muitas estão apegadas a produtos, serviços e marcas tradicionais ou possuem tecnologia ultrapassada.

No entanto, para um pequeno grupo de empresas, expandir para novos negócios enquanto impulsiona a transformação contínua das operações existentes tornou-se a nova norma. Essas "Rotation Masters" estão constantemente a reinventar-se, transformando radicalmente os seus negócios tradicionais e, ao mesmo tempo, aproveitando novas oportunidades de negócio. E está a compensar: 64% das Rotation Masters alcançaram um crescimento de dois dígitos (mais de 10%) em vendas, enquanto 57% alcançaram os mesmos resultados de crescimento em EBITDA.

Além do desempenho financeiro, essas organizações têm o know-how necessário para se prepararem para a Rotação Inteligente, dominando três pré-condições que ajudam a abraçar as oportunidades de crescimento.

1. Criam uma maior capacidade de investimento, revitalizando o seu core business

70%

Afirmam ter capacidade de investimento suficiente para alavancar novos negócios em comparação com 46% das restantes organizações.

2. Fomentam a inovação em toda a organização

76%

Afirmam ter estratégias de inovação para identificar e comercializar as melhores ideias, em comparação com 36% das outras.

3. Criam sinergias entre os novos negócios e o core business

60%

Reconhecem o potencial dos novos negóciso para reformular a cultura do core business, em comparação com 28% das restantes organizações.

Podcast: Fazer a Rotação Inteligente

Foco na criação de novos negócios sem abandonar o core

Identificámos três outros grupos de organização, com base na sua jornada de rotação para o novo: Rotation Drivers, Rotation Strivers, e Rotation Starters.

Gráfico circular que mostra a percentagem de receita gerada por novas atividades de negócio criadas pelas organizações nos últimos três anos.

Qual é o caminho para o Novo?

Cada empresa percorre uma jornada única e pessoal para reinventar a sua organização. O caminho que uma empresa faz depende da sua posição específica e das oportunidades que desencadeiam a mudança. Descobrimos quatro diferentes cenários "iniciais" a considerar, sendo que cada um reflete um nível diferente de capacidade de investimento e vontade de tomar passos decisivos.

Definir o futuro nas melhores condições

As histórias de sucesso de amanhã vão ser determinadas por executivos que saibam como e quando fazer a rotação inteligente. Isso exigirá decisões corajosas que permitam que as empresas de hoje gerem capacidade de investimento suficiente para revitalizar os seus negócios tradicionais e, em seguida, implementem esses investimentos para dimensionar novos negócios, enquanto redesenham a organização para inovar de forma mais abrangente. As empresas que façam esta rotação inteligente vão ser capazes de responder à disrupção com confiança, e nas suas próprias condições.

Omar Abbosh

Group Chief Executive – Communications, Media & Technology


Paul Nunes

Global Managing Director – Thought Leadership​


Dr. Vedrana Savic

Managing Director – Thought Leadership

LEIA MAIS SOBRE ESTE TEMA


Documentos de suporte

Como as empresas líderes investem e inovam para tirar partido do poder da disrupção.

45 minutos de leitura

Faça a Rotação Inteligente para o Novo

Conheça a pesquisa que originou as Rotation Masters

RELATÓRIO COMPLETO

SlideShare

10 minutos de leitura

Sumário executivo

Siga-nos nas redes

Subscrição newsletter
Mantenha-se informado com a nossa newsletter Mantenha-se informado com a nossa newsletter