RELATÓRIO DA PESQUISA

Em resumo

Em resumo

  • A função financeira está a utilizar uma variedade de ferramentas avançadas para melhorar processos através de automação e digitalização.
  • Os CFOs e as suas equipas estão a apoiar o resto da organização a tomar decisões mais estratégicas, baseadas em dados.
  • O departamento financeiro está a consolidar outras funções e a impulsionar o crescimento a nível corporativo.


A lista de tarefas do departamento financeiro está a mudar, bem como o papel do CFO. A automação e transformação digital continuam a progredir, reduzindo custos, potenciando a produtividade e permitindo que os colaboradores promovam um pensamento crítico e criativo.

Ajudar os C-suite a ter a perspetiva completa

O que torna os CFOs únicos entre os C-suite? É responsabilidade dos CFOs sintetizar e descodificar conjuntos de dados ricos e complexos, analisar potenciais investimentos e gerir riscos estratégica e objetivamente. Estas capacidades estão a fazer com que os CFOs “estrategas” procurem ainda mais fontes de dados e insights.

Para além disso, quando se trata de previsão, avaliação de investimentos, gestão de risco e dados e transformação digital, os CFOs lideram. Desde a última crise financeira global, os CFOs enfrentaram uma enorme pressão para se tornarem “guardiões económicos” do negócio, à medida que reforçam o investimento em cibersegurança, agregação de dados e tecnologia.

As equipas de finanças reportam um aumento na procura por insights em múltiplas fontes de dados:

VER A INFOGRAFIA

Identificar e gerir os dados mais críticos da organização é uma tarefa que a função financeira pode assumir. Assim, incorporam dados e desmontam silos organizacionais, beneficiando toda a organização.

67%

dos líderes financeiros acreditam que podem, e devem, formar executivos em funções não-financeiras para assumir tarefas como relatórios, planeamento, orçamentação e previsão.

78%

acreditam que a digitalização vai potenciar o desenvolvimento de serviços autónomos.

Digitalização – a capacidade de capturar, estruturar e fazer uma melhor utilização dos dados – está a incentivar os atuais CFOs a agir e liderar com ousadia. Aqui estão dois exemplos de como os CFOs e as suas equipas estão a utilizar a digitalização para se tornarem elementos estratégicos valiosos:

  1. Consolidar outras funções: os CFOs estão a disponibilizar a outras atividades ferramentas de gestão, controle e suporte especializado. Quais os resultados? Duração dos ciclos reduzida e um serviço mais personalizado.
  2. Auto-reportar: os CFOs estão a encorajar outros departamentos a auto-reportar para que a área das finanças se possa focar noutros aspetos.
"À medida que iniciativas de transformação como modelos analíticos, big data e novos modelos operativos ganham importância, é tempo dos CFOs se mobilizarem e assumirem ainda maior responsabilidade."

– DR. CHRISTIAN CAMPAGNA, Senior Managing Director – Accenture

Neste momento em que 81% das organizações afirmam estar a preparar-se para um futuro cada vez mais volátil, os CFOs estão focados nas estratégias que potenciam o crescimento sustentável que assegura o futuro destas e gera valor top-line, bottom-line e para os acionistas.



Mais do que nunca, os CFOs estratégicos têm a oportunidade e responsabilidade de aproveitar a sua posição única e ajudar a garantir o sucesso contínuo das organizações.

Sobre os Autores

Steve Culp

Senior Managing Director – Accenture Enterprise Value, Finance and Risk


Dr. Christian Campagna

Senior Managing Director – Accenture Strategy, CFO and Enterprise Value


David Axson

Senior Strategy Executive Principal – Accenture CFO Strategies and CFO and Enterprise


Haralds Robeznieks

Senior Principal – Accenture Research

LEIA MAIS SOBRE ESTE TEMA


Subscrição newsletter
Mantenha-se informado com a nossa newsletter Mantenha-se informado com a nossa newsletter