Lisboa, 06 de Dezembro de 2018 – Pelo quarto ano consecutivo, a Accenture junta-se à Code.org para apoiar o movimento global de educação Hour of Code, em português Hora do Código. Uma iniciativa que chega a mais de 100 milhões de estudantes em todo o mundo através de uma aula dedicada às tecnologias de informação e à aprendizagem de código.

Este ano, além de assinalar a Semana Mundial das Ciências da Computação, que decorre de 3 a 9 de dezembro, a Accenture alargou o âmbito dos tutoriais de código a 15 idiomas – português, inglês, francês, espanhol, italiano, sueco, holandês, grego, polaco, eslovaco, chinês, hebraico, filipino e vietnamita – como forma de fazer chegar a codificação a mais estudantes de todo o mundo, através de aulas na língua nativa.

Quase 2.500 colaboradores da Accenture a nível global comprometeram-se a ensinar, durante uma hora, código em ações locais nas suas comunidades, ajudando a inspirar mais de 100.000 estudantes em todo o mundo a aprenderem código e a adquirirem competências ao nível das tecnologias

“Com a evolução das tecnologias e o seu crescente impacto na sociedade, nas empresas e nas nossas vidas, cresce também uma significativa demanda por competências STEM (Science, Technology, Engineering e Mathematics) que está por preencher a nível mundial”, afirma Pedro Lopes, Managing Director, responsável pela Accenture Technology. “É fundamental evangelizar e motivar os estudantes de hoje – e força de trabalho de amanhã – para uma carreira nas áreas tecnológicas que permita suprir as necessidades de mercado que se anteveem crescentes”.

A Accenture está ainda a aproveitar o sucesso do lançamento do tutorial de código Accenture Intelligent Space Exploration, no qual estudantes podem descobrir como é que as técnicas de Inteligência Artificial (IA) podem ser aplicadas para ensinar um robô a explorar um novo planeta – a reconhecer animais e plantas, a compreender uma nova linguagem e a conversar com habitantes locais.

“Ao aprenderem código, as crianças vão crescer a compreender como é que humanos e tecnologia trabalham juntos – uma primeira lição importante na sua preparação para o futuro”, afirma Jill Huntley, global managing director for corporate citizenship na Accenture. “A “Hour of Code” é uma oportunidade fantástica para os voluntários da Accenture ajudarem a construir New Skills Now em todo o mundo”.

O compromisso global da Accenture em oferecer mais oportunidades a estudantes para que estes aprendam código vai ao encontro da iniciativa de corporate citizenship Skills to Succed, uma iniciativa focada nas necessidades urgentes da força de trabalho em todo o mundo, incluindo a preparação da próxima geração com competências para trabalhar na economia digital.

Como parte integrante da colaboração deste ano com a “Hour of Code”, os colaboradores da Accenture estão a desenvolver atividades em todo o mundo que se destinam a inspirar os estudantes. Entre estas atividades incluem-se:

  • Voluntários da Accenture Portugal irão ensinar código a uma centena de alunos do 6º e 8º ano, em escolas de Lisboa e Braga;
  • Em Washington, será lançada a iniciativa #thecitythatcodes – um ano destinado à educação STEM em Baltimore. O programa começa com uma hora de código ensinada a adultos por estudantes da escola primária;
  • Nas ilhas Maurícias, a Accenture está a organizar sessões “Hour of Code” para 100 estudantes na Tech Avenue Space, um local de formação lançado o ano passado na University of Mauritius. Os estudantes terão a oportunidade de se envolverem em demonstrações tecnológicas, que pretendem mostrar como pode ser uma carreira na área das tecnologias de informação;
  • Na Índia, os colaboradores da Accenture estão a transformar a Semana Mundial das Ciências da Computação num programa de um mês de duração, com mais de 15 eventos planeados ao longo de Dezembro;
  • No Texas, a Accenture vai receber 200 estudantes no Space Center Houston da NASA, tirando os alunos da sala de aulas para lhes mostrar como pode ser um futuro na área das ciências da computação.

“Cada estudante deve ter a oportunidade de aprender informática, que proporciona uma base fundamental para o sucesso em qualquer percurso profissional no século XXI – não apenas o tradicional IT, mas também em vocações mais criativas, desde design gráfico até produção de teatro”, afirma Hadi Partovi, cofundador e CEO da Code.org. “Até à data, mais de 100 milhões de estudantes em todo o mundo participaram na Hour of Code. Isto porque, organizações como a Accenture vão mais além para fazer progredir a nossa visão partilhada de capacitar a juventude de hoje com competências que vão necessitar no futuro”.

Em Portugal, os voluntários da Accenture estarão em algumas escolas de Lisboa e Braga para ensinar código a centenas de alunos do 6º e 8º anos de escolaridade. A Escola Secundária Padre António Vieira e a Escola Básica Almirante Gago Coutinho, em Lisboa, e a Escola Básica de Lamaçães e o Colégio Luso Internacional de Braga irão receber os colaboradores da Accenture numa aula de código com o objetivo de sensibilizar os mais novos para as novas competências digitais.

SUBSCREVER
Mantenha-se informado com a nossa newsletter Mantenha-se informado com a nossa newsletter