Lisboa, 09 de outubro de 2019 – A Accenture acaba de ser distinguida pelo segundo ano consecutivo como a empresa mais diversa e inclusiva no Índice Diversidade & Inclusão da Refinitiv. O índice identifica as 100 empresas cotadas em bolsa com os ambientes de trabalho mais diversos e inclusivos, baseando-se em dados relacionados com fatores ambientais, sociais e de governança.

"Construir uma cultura de igualdade onde todos podem progredir é a chave para quem somos enquanto empresa", afirma Julie Sweet, CEO da Accenture. Valorizamos os backgrounds, capacidades e experiências únicas de cada colaborador e responsabilizamo-nos pelo progresso feito face aos grandes objetivos a que nos propomos. Abraçar a inclusão e a diversidade é uma das coisas que torna a Accenture tão especial. Sentimo-nos honrados por ver o nosso compromisso ser reconhecido novamente.

"O nosso compromisso com a igualdade no local de trabalho é agora mais importante que nunca", afirma Ellyn Shook, Chief Leadership e Human Resources Officer da Accenture. Quando as pessoas têm um sentimento de pertença e sentem-se valorizadas pela suas contribuições, perspetivas e circunstâncias únicas, estas estão mais propensas a progredir e sentem que podem inovar.

Algumas ações e iniciativas da Accenture consideradas no índice:

  • Criação de um conselho de administração diverso. O conselho de administração da Accenture a nível global é diverso quanto à sua representação geográfica e de género, com pessoas de seis países em quatro continentes e cinco mulheres (42%), incluindo a sua CEO.
  • Contribuir para o aumento da igualdade no local de trabalho. A Accenture definiu como objetivo alcançar uma força de trabalho equilibrada a nível de género em 2025, o programa global da empresa “Pride Ally” tem mais de 110 mil membros e a sua rede global “Disability Champions” tem 22 mil membros.
  • Desenvolver talento. A Accenture investiu 927 milhões de dólares em aprendizagem contínua e desenvolvimento profissional no ano fiscal de 2018, incluindo um investimento substancial na requalificação dos seus colaboradores para os ajudar a manterem-se relevantes em áreas como cloud, inteligência artificial e robótica.
  • Promover um diálogo global. A Accenture tem publicações anuais em liderança com o objetivo de contribuir para o avançar da conversação sobre igualdade no local de trabalho. Este ano, o relatório Getting to Equal revelou como é que uma cultura de igualdade no local de trabalho é um poderoso multiplicador de inovação e crescimento, enquanto o seu estudo Disability Inclusion Advantage ligou o desempenho financeiro com empresas que oferecem uma cultura inclusiva para pessoas com incapacidades.

"Este é o segundo ano consecutivo em que a Accenture lidera o top 100 e ficamos felizes de reconhecer o compromisso que esta tem demonstrado para com a diversidade e inclusão em toda a organização", afirma Debra Walton, Chief Revenue Officer da Refinitiv. É para nós um orgulho que o índice de diversidade e inclusão continue a funcionar como um condutor para os investidores e analistas que procuram empresas que estão a fazer isto corretamente e ajudá-los a tomar decisões de investimento que estejam alinhadas com os seus valores e resultados.

Pelo seu compromisso de longa data para com os temas de inclusão e diversidade, a Accenture tem recebido um amplo reconhecimento enquanto empregador de eleição e líder na igualdade no local de trabalho. Só no último ano, a empresa foi distinguida em vários índices: Bloomberg’s Gender–Equality Index; DiversityInc’s Top 50 Companies for Diversity nos EUA; The Times’ Top 50 Employers for Women no Reino Unido; Nikkei Top 100 Companies for Women no Japão; Working Mother & AVTAR’s 100 Best Companies for Women na Índia; Disability:IN’s Disability Equality Index; e o Human Rights Campaign Corporate Equality Index.

Para saber mais sobre inclusão e diversidade na Accenture, visite accenture.com/diversity.

Metodologia do índice

Produzido anteriormente pela Thomson Reuters, este índice é feito para medir de forma transparente e objetiva o desempenho das empresas em fatores que definem ambientes de trabalho diversos e inclusivos. Para compilar o índice, a Refinitiv analisou dados públicos referentes a 7000 empresas a nível global, avaliando-as relativamente a 24 métricas através de quatro pilares: diversidade, inclusão, desenvolvimento de pessoas e novidades e polémicas. A cada empresa é atribuída uma pontuação por pilar, sendo depois comparada aos seus pares de indústria para determinar o ranking do índice.

SUBSCREVER
Mantenha-se informado com a nossa newsletter Mantenha-se informado com a nossa newsletter