Pensar grande. Agir juntos.

Pode ser difícil ter uma visão top-down e multifuncional da transformação das operações, devido ao escopo e à complexidade dos ambientes bancários e regulatórios em constante mudança. E as estruturas de custos fixos dos bancos e seus investimentos significativos em sistemas legados complicam ainda mais o quadro.

Os bancos tendem a uma abordagem incremental para melhorar as operações. Com fundos limitados para investir em operações, eles simplesmente tapam o maior buraco primeiro, e esses buracos são frequentemente definidos por prioridades regulatórias e de conformidade, em vez de aumentar a competitividade. A transformação de operações coordenadas que ocorre no nível da empresa é a exceção.

Mas os bancos que usam escala e intelligent operations podem adotar uma abordagem muito mais holística. Eles podem não apenas melhorar as experiências e resultados do cliente no processo, mas também a curva de custos.

Reunir negócios e tecnologia

11%

dos bancos estão ampliando a colaboração entre negócios e tecnologia hoje.

43%

dos bancos planejam ampliar a colaboração entre negócios e tecnologia no futuro.

O avanço do modelo operacional por meio da tecnologia envolve mais do que a própria tecnologia. O progresso acontece quando negócios e tecnologia se unem para desenvolver novos modelos de governança conjunta, integrar parceiros de ecossistema e cocriar o roteiro estratégico para que os investimentos em tecnologia se alinhem com a estratégia de negócios. Em muitos bancos importantes, o diretor de Tecnologia e o diretor de Operações agora se reportam a um único executivo, que pode ter uma visão holística de como a tecnologia pode permitir uma transformação eficaz das operações.

Os bancos precisam dimensionar a colaboração entre negócios e tecnologia, mas têm algum terreno a cobrir. O aumento da colaboração ajudará os bancos a serem mais inovadores e a usar melhor a tecnologia e o talento especializado.

“...executivos de negócios têm suas próprias equipes de TI para fazer as coisas. E ... Isso gera todas essas ilhas diferentes dentro de uma organização, o que torna impossível para toda a empresa trabalhar de maneira coesa.”

– EXECUTIVO BANCÁRIO SÊNIOR

Estudo de caso de cliente

Reinventar operações bancárias para crescer mais

Um banco europeu usou automação, análise e talentos para cortar custos operacionais em 20-30% - liberando recursos para reinvestir. Saiba mais.

Veja todas

Roberto Pagella

Managing Director – Accenture Operations, EALA Banking Lead


Venkatraman (Ram) Iyer

Managing Director – Accenture Operations, Global Banking Operations Offering Lead

MAIS SOBRE ESTE TEMA

Fast-track to future-ready performance
Banco com objetivos específicos conquistam confiança

CENTRAL DE ASSINATURAS
Continue informado com nossa newsletter Continue informado com nossa newsletter