RELATÓRIO DA PESQUISA

Resumo

Resumo

  • O rápido crescimento do comércio eletrônico e das demandas de produção forçaram os armazéns a serem mais eficientes e funcionar ininterruptamente.
  • As empresas recorrem cada vez mais à automação para enfrentar a falta de mão de obra, o aumento de demanda e a necessidade de otimizar o processamento.
  • No entanto, a maioria das empresas está se esforçando para desenvolver as soluções certas para obter os retornos desejados em seus investimentos.
  • A Accenture identificou 4 elementos essenciais para transformar armazéns em impulsionadores de novo valor e crescimento.


A automação de armazém agora é essencial

A necessidade de operações eficientes de armazéns só cresceu com o aumento do comércio eletrônico. Os armazéns desempenham um papel importante no relacionamento entre empresas e seus clientes e operações ineficientes podem impactar negativamente os índices de satisfação.

Em resposta, as empresas estão recorrendo à automação de seus armazéns. O nível certo de automação e autonomia permite operações diárias mais rápidas, seguras e eficientes. Reduz custos e melhora os prazos de entrega para uma operação mais rápida, mais enxuta, mais dimensionável e mais sustentável.

No entanto, as indústrias estão se esforçando para selecionar as soluções certas para obter os retornos desejados sobre os investimentos. Elas estão misturando soluções de inovação com abordagens “testadas e comprovadas” que, em última análise, dificultam o sucesso.

As empresas visualizam novas soluções de correção rápida e acabam executando projetos digitais isolados que agregam valor incremental, mas não conseguem alcançar o dimensionamento necessário para gerar retornos estratégicos:

Distração causada pela síndrome de reinventar a roda

  • Oportunidades maiores são desconsideradas em função da “reimaginação” de armazéns.
  • Investimentos por impulso carecem de uma compreensão clara dos objetivos e da aplicação.

Escolher as mesmas soluções para diferentes problemas

  • Aumento do investimento em novas tecnologias, independentemente do tamanho, dimensão e propósito das operações.
  • Falta do devido cuidado na avaliação da complexidade do armazém e dos requisitos de mão de obra.

Cálculo do ROI de uma perspectiva limitada

  • Apenas medidas tradicionais relacionadas aos custos de mão de obra e melhorias de produtividade são utilizadas. Os ganhos ocultos são desconsiderados.
  • Ganhos ligados aos objetivos gerais da cadeia de suprimentos, tais como melhorias no nível de serviço e satisfação do cliente, também são desconsiderados.

Falha na integração de tecnologias

  • Os investimentos em soluções pontuais visam quick wins.
  • Nenhum plano claro para integrar a antiga infraestrutura com as novas tecnologias.
  • Incapaz de identificar a plataforma certa para integrar várias soluções de automação.

Não aproveitar efetivamente a inteligência humana e das máquinas

  • Faltam plataformas para a integração perfeita entre humanos e máquinas.
  • Investir apenas em robótica e não nas tecnologias necessárias para integrar outras partes da cadeia de valor.
  • Robótica vista como uma solução para a escassez de mão de obra: perde recursos colaborativos ou de aumento.

Para maximizar o potencial, as empresas devem adotar uma nova estratégia que coloque a automação de armazéns no centro das operações.

Um novo caminho para a automação de armazéns

O segredo para a automação de armazéns bem-sucedida é estar atento ao papel em expansão dos armazéns. As empresas devem transformar os seus armazéns para oferecer um valor mais impactante e de longo prazo. Com as estratégias certas, os armazéns se tornam mais produtivos e eficientes, impulsionam experiências centradas no cliente e operam de forma sustentável.

A nossa pesquisa pode ajudar a tornar essa ambição realidade. A Accenture identificou quatro elementos essenciais para transformar armazéns em impulsionadores de novo valor e crescimento.

Alinhar-se em torno de uma visão mais ampla

Reavaliar a relevância e o papel que os armazéns devem desempenhar nas estratégias globais da cadeia de suprimentos.

Evitar as mesmas soluções para diferentes problemas

Categorizar os armazéns com base na complexidade das operações e nos requisitos de intensidade de mão de obra para identificar as soluções tecnológicas certas.

Mensurar tudo o que importa

Identificar e incluir os retornos menos óbvios, mas vitais, ao calcular o ROI.

Criar uma conectividade digital de ponta a ponta

Integrar e combinar tecnologias para facilitar a automação e a autonomia impactantes.

Veja todas

Criar um cenário maior

As empresas não podem correr o risco de atrasar uma mudança de estratégia para a automação de armazéns. A economia digital ininterrupta, o impacto da COVID-19 nas cadeias de suprimentos e a crescente demanda dos consumidores por comércio instantâneo e sustentável estão forçando as empresas a transformar as suas operações.

No entanto, antigas abordagens à implantação de novas soluções tecnológicas não fornecerão os níveis de retorno esperados: é hora de uma mudança estratégica maior. As empresas devem prever o verdadeiro potencial no longo prazo dos investimentos certos em tecnologia.

A automação e autonomia de armazéns resultarão em operações mais eficientes e competitivas, uma força de trabalho próspera e um negócio resiliente que esteja preparado para quaisquer oportunidades ou crises futuras. Ao aproveitar os quatro elementos fundamentais identificados acima, as empresas podem ter sucesso em seus esforços de automação e transformar operações em máquinas inteligentes bem calibradas.

Sobre os autores

Antoine Martin

Managing Director – Industry X, Autonomous Robotic Systems, Global Lead


Raghav Narsalay

Managing Director, Global Research Lead – Industry X


Umesh Inamdar

Associate Director – Digital Transformations and Detroit Innovation Center Lead, Industry X


Martin Brickell

Senior Manager – Retail


Rushda Afzal

Manager – Digital Transformation Research and Detroit Innovation Center Research Lead, Industry X


Ida Nair Sharma

Associate Research Manager – Digital Manufacturing and Operations, Accenture Research, Industry X

MAIS SOBRE ESTE TEMA

Projetos de capital: Gerando valor com o digital
Operações de campo digital: Revisitando o negócio

Conheça o time

Materiais essenciais

O investimento em automação de armazém agora é essencial. Veja qual poderia ser sua nova abordagem para maximizar o retorno dos investimentos digitais.

Leitura completa

Maximize seus investimentos

Uma nova abordagem para operações de armazéns.

VEJA O RELATÓRIO COMPLETO

Tempo apertado

Infográfico

Descrevemos 4 etapas essenciais para automatizar as operações de armazéns que maximizam os retornos dos investimentos digitais.

VER O INFOGRÁFICO

Slideshare

Siga a nova abordagem para desbloquear ganhos inexplorados e sem precedentes.

CENTRAL DE ASSINATURAS
Continue informado com nossa newsletter Continue informado com nossa newsletter