Skip to main content Skip to Footer

ÚLTIMOS PENSAMENTOS


Os pacientes brasileiros querem uma alta dose de digital

Os consumidores de serviços de saúde no Brasil estão interessados em uma experiência mais digital para cuidar da saúde.

Visão Geral

A experiência do paciente é cada vez mais digital e os consumidores estão abrindo caminho por meio do acesso aos prontuários médicos eletrônicos (EHRs - electronic health records) e do uso de ferramentas digitais, tais como wearables e aplicativos, para acompanhar sua saúde.

Eles têm fortes convicções sobre quem deve ter acesso aos seus dados, mas os provedores nem sempre concordam. Para melhorar o envolvimento e satisfação dos consumidores, as organizações de saúde devem diminuir a distância entre o que os pacientes querem e o que os provedores entregam por meio do investimento em ferramentas e estratégias digitais.

Clique abaixo para ver os principais resultados da pesquisa Accenture Patient Engagement 2016 especificamente do Brasil.

BAIXE OS RESULTADOS DA PESQUISA [PDF]

Principais Concluções

As quatro principais conclusões da pesquisa Accenture Patient Engagement 2016 no Brasil:

  • Os consumidores querem assumir o controle de seus dados;
  • Os brasileiros querem total acesso aos seus registros médios (EHRs);
  • Os usuários usam cada vez mais tecnologias (wearbles e apps) para monitorar sua saúde;
  • Os consumidores sabem claramente quem eles querem que acessem seus dados.

Recomendações

Existe uma oportunidade para médicos de aumentar o nível de transparência e melhorar as comunicações com os pacientes por meio do maior acesso as próprias informações.

Os provedores devem investir em ferramentas digitais e desenvolver estratégias para se adaptar às expectativas dos consumidores e acabar com as divergências entre o que os pacientes demandam e o que os provedores entregam.

BAIXE OS RESULTADOS DA PESQUISA [PDF]

Sobre a Pesquisa

A Accenture pesquisou em sete países com 7.840 consumidores com mais de 18 anos para avaliar suas atitudes em relação à saúde, o sistema de saúde, prontuários médicos eletrônicos, tecnologia de saúde e as capacidades eletrônicas de seus provedores de saúde. A pesquisa on-line incluiu consumidores de sete países: Austrália (1013), Brasil (1006), Inglaterra (1009), Noruega (800), Arábia Saudita (852), Cingapura (935) e Estados Unidos (2225). A pesquisa foi realizada pela Nielsen a pedido da Accenture entre novembro de 2015 e janeiro de 2016. A análise resultou em comparações por país, setor, idade e uso. Quando pertinente, a pesquisa usou resultados selecionados da 2016 Accenture Doctors Survey para comparar respostas de médicos e de consumidores.

BAIXE OS RESULTADOS GLOBAIS DA PESQUISA [PDF]

EXECUTIVOS

Sugestão de conteúdo