Skip to main content Skip to Footer

ÚLTIMAS IDEIAS


Perspectivas sobre Energia: Turbulência à vista

Como a indústria de energia pode e deve transformar-se para sobreviver e prosperar em um período de desafios

Visão Geral

A indústria de energia passa por uma grave crise: o setor precisa transformar os negócios rapidamente para se manter relevante e próspero. Mais isso não é tudo. Também enfrentamos um período em que o efeito das emissões de CO2 no planeta ganha destaque nas economias mundiais, segundo o acordo da COP21, em dezembro do ano passado. Esta edição de nosso caderno de Perspectivas sobre Energia traz um ponto de vista de Accenture Strategy sobre como as empresas de petróleo e gás devem agir para prosperar em um ambiente volátil.

DOWNLOAD PERSPECTIVAS SOBRE ENERGIA: TURBULÊNCIA À VISTA [PDF]

Conclusões chave

Esta edição do caderno de Perspectivas sobre Energia apresenta oito artigos e uma entrevista com informações valiosas sobre os acontecimentos atuais na indústria, as implicações para as empresas de E&P e outros players relacionados; medidas a serem tomadas agora para superar a crise e planejar estratégias sustentáveis em longo prazo. Os tópicos incluem:

  • Mudanças na dinâmica de oferta e procura e as duas tendências que essas alterações trazem

  • Implicações da COP21 para a indústria de energia

  • Efeito da crise em países com recursos de hidrocarbonetos

  • Questões estratégicas e operacionais enfrentadas pelos operadores (incluindo aquelas específicas para operadores norte-americanos de LTO)

  • Potencial transformador de dados (Big Data) e recursos digitais no segmento Upstream na Indústria de Petróleo e Gás

Recomendações

As tendências apontam que empresas de Petróleo e Gás devem pensar de maneira diferente suas estratégias e operações nos próximos anos. Elas devem se afastar das respostas típicas e imediatas, muitas vezes míopes: vender ativos, cortar investimentos, reduzir o número de funcionários e negociar com fornecedores. As organizações devem examinar cuidadosamente seus modelos operacionais subjacentes, a organização e seus recursos. É o primeiro passo em direção a realização das reformas estruturais em toda a indústria. Tais reformas são necessárias para restaurar a competitividade em um ambiente de menor preço, maior volatilidade e preparar as empresas para prosperar no futuro.


Autores

Arthur Hanna

Arthur Hanna

Senior Managing Director – Accenture Strategy, Energia

Mail to Arthur Hanna. Isso irá abrir uma nova janela. LinkedIn LinkedIn

View Profile

Jean-Marie Rousset

Jean-Marie Rousset

Managing Director – Accenture Strategy, Energia

Mail to Jean-Marie Rousset. Isso irá abrir uma nova janela. LinkedIn

CONTEÚDO SUGERIDO