Skip to main content Skip to Footer

ÚLTIMOS PENSAMENTOS


Era digital: entenda o futuro do trabalho e conquiste o engajamento de sua equipe

As empresas têm de garantir o know-how e os profissionais certos para inovar e preparar a força de trabalho do futuro.

Visão Geral

Embora os efeitos da revolução digital sobre os modelos operacionais e de negócios já sejam conhecidos, seu impacto sobre a força de trabalho pode ser o ponto fraco de empresas que buscam ser digitais.

Uma pesquisa da Accenture Strategy mostra que 78% dos líderes de empresas preveem que suas organizações passem a ser digitais nos próximos três anos. E, caso os benefícios da era digital de fato se concretizem, a preparação da força de trabalho deve ser uma prioridade.

Considera-se que a jornada digital oferece benefícios tangíveis para os líderes de negócios – e tem sido cada vez mais mais adotada pelos funcionários. Com novas funções, formas diferentes de organizar o trabalho e o dinamismo das práticas profissionais, há boas oportunidades para humanizar o trabalho — desde que os líderes das empresas reinventem suas estratégias, tornem-se modelos de players digitais e supram as necessidades da força de trabalho do futuro.

44% dos líderes de empresas afirmam que a falta de habilidades digitais é um dos principais obstáculos à transformação.

PRINCIPAIS CONCLUSÕES

Acredita-se que os funcionários atrapalhem o progresso digital, embora a pesquisa da Accenture Strategy mostre o contrário. Comparados aos líderes, os funcionários dizem acreditar que o meio digital aperfeiçoará experiências e perspectivas de carreira, fazendo-os buscar o conhecimento necessário para atender às demandas de uma empresa digital.

Para aproveitar a receptividade dos funcionários, os líderes de empresas precisam adaptar estratégias, ajustar o know-how oferecido pela força de trabalho e priorizar mudanças na equipe que podem acelerar a jornada digital.

  • Mindset certo, mas foco errado? Os líderes das empresas esperam perceber avanços em diversos fatores com a adoção de tecnologias digitais.

  • Estratégia certa, mas know-how errado? As organizações enfrentam dificuldades com o dinamismo de funções, competências e tecnologias necessárias para serem digitais.

  • Prioridades certas, mas caminho errado? Na pesquisa, ficou claro que a transição para o meio digital é uma prioridade para organizações de todos os setores.

RECOMENDAÇÕES

A jornada digital causa reviravolta em todas as organizações. Então, os líderes precisam:

  • Alinhar a força de trabalho e a estratégia de RH com os negócios: Alinhar as políticas de trabalho com a estratégia digital, para influenciar o planejamento de RH.

  • Testar formas mais ágeis de trabalho: Estimular a força de trabalho a reinventar processos e recursos comerciais com análises de Big Data, Internet das Coisas, ferramentas de colaboração social e interfaces de realidade virtual/3D.

  • Definir a defasagem de know-how digital: Catalogar o know-how digital, por meio da definição de conhecimentos e do nível de competência de cada função.

  • Desenvolver competências digitais: Usar métodos inovadores de aprendizagem por plataformas sociais e fóruns online.

  • Incentivar posturas de liderança que estimulem uma cultura digital: Definir uma direção clara, estar junto à força de trabalho com tecnologias de colaboração, estimular feedback e raciocínio inovador e estender as decisões para todas as áreas da organização.