Skip to main content Skip to Footer

ÚLTIMAS PESQUISAS


INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL PARA ACELERAR O CRESCIMENTO DA AMÉRICA DO SUL

O Combustível Para o Crescimento

SOLUÇÃO SUSTENTÁVEL PARA MELHORAR A PRODUTIVIDADE E O CRESCIMENTO

A inteligência artificial (IA) vem ganhando manchetes no mundo todo. Ela é anunciada tanto como uma salvação econômica quanto como precursora de desintegração social. Faltam, porém, avaliações claras sobre o real valor que a inteligência artificial pode criar, bem como os desafios que precisam ser enfrentados para garantir que a sociedade usufrua dos benefícios deste inevitável impacto disruptivo, em vez de sofrer com ele. É o que tentamos fazer para a América do Sul.

A região necessita, com urgência, de uma solução sustentável para seus baixos níveis de produtividade e crescimento econômico. Felizmente, a IA promete transformar a base de crescimento econômico sul-americano

A Accenture analisou 5 economias da América do Sul, e diversas outras de países desenvolvidos e emergentes fora da região, para entender o possível impacto da inteligência artificial. Constatamos que ela tem o potencial de aumentar as taxas de crescimento anuais na América do Sul em até um ponto percentual em 2035.

Confira também a versão em English e Español de nossa pesquisa.

BAIXE O ESTUDO COMPLETO EM PORTUGUÊS

DOWNLOAD THE FULL STUDY IN ENGLISH

DESCARGA EL ESTUDIO COMPLETO EN ESPAÑOL

Três Canais De Crescimento Com Base Em Inteligência Artificial

TRÊS CANAIS DE CRESCIMENTO COM BASE EM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

“A inteligência artificial oferece à América do Sul uma oportunidade há muito aguardada de dar um salto rumo a maiores níveis de inovação, produtividade e progresso socioeconômico.”

Armen Ovanessoff, Diretor principal, Accenture Research

Duplicar o Crescimento

UM IMPULSO PARA O CRESCIMENTO DA AMÉRICA DO SUL

A inteligência artificial é um híbrido de capital e trabalho. Ela produz condições para ampliar e ir além da atual capacidade que capital e trabalho têm de criar crescimento econômico. Nossa pesquisa revela oportunidades significativas de criação de valor.

Country Growth Rates
Country Growth Rates

CHILE

A IA pode adicionar US$63 bilhões ao VAB do Chile em 2035. Deste montante, US$30 bilhões virão através do canal de aumento da capacidade da mão de obra e do capital, US$ 21 bilhões através do canal de automação inteligente e US$ 12 bilhões através do canal de difusão da inovação.

O grande e desenvolvido setor de serviços financeiros do país e as indústrias de commodities, ponto forte tradicional do Chile, oferecem grandes oportunidades para capturar o valor prometido pela IA.

BAIXE O ESTUDO COMPLETO [PDF]

COLÔMBIA

A IA pode aumentar o VAB da Colômbia em 2035 em até US$78 bilhões. Pouco mais do que metade dos ganhos (US$42 bilhões) virá através do canal de aumento da capacidade da mão de obra e do capital. A automação inteligente responderá por US$24 bilhões e a difusão da inovação, por US$12 bilhões.

O setor de serviços financeiros é um dos principais candidatos a conduzir o país a uma era de crescimento alavancada pela IA. Respondendo por aproximadamente um quinto do valor agregado da economia, ele é grande o suficiente para causar impacto considerável e pode estimular outros setores.

BAIXE O ESTUDO COMPLETO [PDF]

PERU

A IA pode adicionar US$43 bilhões ao VAB da economia peruana. Grande parte destes ganhos (US$28 bilhões) virá do canal de aumento da capacidade da mão de obra e do capital, com a automação inteligente e a difusão da inovação contribuindo com US$7 bilhões cada.

Os setores do comércio atacadista e de varejo do país, responsáveis por aproximadamente 17 por cento do valor agregado, apresentam valiosas oportunidades de crescimento e ganhos de eficiência conduzidas pela IA.

BAIXE O ESTUDO COMPLETO [PDF]

BRASIL

A IA pode aumentar o VAB da economia brasileira em US$432 bilhões, o que representa uma elevação de 0,9 ponto percentual em relação ao cenário da linha de base. Deste montante, US$192 bilhões virão do canal de aumento da capacidade da mão de obra e do capital, US$166 bilhões do canal de automação inteligente e os restantes US$74 bilhões, do canal de difusão da inovação.

O setor público do país é vasto, sendo responsável por aproximadamente 35 por cento do valor agregado da economia, mas a qualidade dos serviços públicos é um dos objetos de maior descontentamento popular. A IA pode melhorar os serviços públicos nas mais diversas áreas, do transporte ao controle de doenças.

BAIXE O ESTUDO COMPLETO [PDF]

ARGENTINA

A inteligência artificial pode aumentar o VAB da Argentina em 2035 em US$59 bilhões. Aproximadamente metade deste valor (US$30 bilhões) virá do canal de aumento da capacidade da mão de obra e do capital, com o canal de difusão da inovação contribuindo com US$16 bilhões e o canal de automação inteligente, com outros US$13 bilhões.

O setor público, responsável por 27 por cento do valor agregado total, oferece uma perspectiva promissora para a IA. Vários municípios já demonstraram apetite por soluções digitalmente avançadas e para cidades inteligentes.

BAIXE O ESTUDO COMPLETO [PDF]

Abrir O Caminho Para Um Futuro Com A Inteligência Artificial

O QUE OS PAÍSES SUL-AMERICANOS DEVEM FAZER PARA CONSTRUIR UM FUTURO COM IA?

Preparar a próxima geração para um futuro com inteligência artificial—integrar inteligência humana e inteligência artificial para que elas tenham uma co-existência bem-sucedida e reforcem o papel das pessoas como motores do crescimento.

Fortalecer os ecossistemas de inteligência artificial na América do Sul—garantir que os relacionamentos entre startups, grandes empresas, pesquisadores acadêmicos, agências governamentais e outras partes interessadas na região e fora dela sejam regulares e intensos.

Adotar uma regulamentação facilitada pela inteligência artificial—atualizar a legislação relevante por meio de leis que possam ser adaptadas e se aperfeiçoem de forma “automática” para eliminar a lacuna entre a velocidade da evolução tecnológica e a resposta regulatória a ela.

Defender um código de ética para a inteligência artificial— debates éticos precisam ser complementados por padrões mais tangíveis e melhores práticas no desenvolvimento de máquinas inteligentes.

Minimizar os riscos para a coesão social—as sociedades sul-americanas já estão entre as mais desiguais do mundo; os formuladores de políticas precisam tomar ações preventivas para limitar os riscos que a inteligência artificial poderia representar para os setores e regiões mais vulneráveis.

Connections

CONEXÕES