O conselho administrativo da Accenture (NYSE: ACN) anuncia que Julie Sweet foi indicada ao cargo de CEO da companhia. David Rowland, que assumiu como CEO interino, irá ocupar o cargo de presidente-executivo. Com a mudança, Marge Magner, atual conselheira não-executiva, retomará a posição de líder do Conselho independente. As mudanças valem a partir de 1° de setembro de 2019.

Atualmente, Julie Sweet ocupa o cargo de CEO da Accenture para América do Norte, a maior divisão geográfica da empresa, com faturamento aproximado de 18 bilhões de dólares no ano fiscal de 2018 e atendendo mais de 70% das empresas listadas no ranking Fortune 500. Anteriormente, Sweet foi conselheira-geral, secretária-geral e Chief Compliance Officer da Accenture. Membro da equipe de liderança sênior da Accenture há quase uma década, a executiva teve papel importante nas estratégias de negócios e de investimento da empresa. Antes de se juntar à Accenture, Sweet foi sócia da firma de advocacia Cravath, Swaine & Moore LLP por 10 anos. Após assumir o cargo de CEO, Sweet também será membro do conselho administrativo da Accenture.

"Seu forte espírito de liderança para os negócios e capacidade comprovada para impulsionar resultados em nosso maior mercado de atuação fazem de Julie a pessoa certa para conduzir a Accenture para o futuro”, avalia Rowland. "A empresa encontra-se em um momento de crescimento positivo e com um ótimo posicionamento no mercado, o que dá ainda mais força ao nosso processo de expansão. Fico muito feliz que Julie irá liderar nossa empresa e que poderemos trabalhar lado a lado - e junto à nossa equipe de liderança sênior - em um processo de transição integrado para a próxima fase de crescimento e liderança de mercado da Accenture".

Para Magner, "Julie tem o histórico de liderança e amplitude de experiência empresarial necessários para liderar a Accenture, incluindo a capacidade de construir relacionamentos duradouros com clientes, foco em liderança com inovação, compromisso com nossos funcionários e valores fundamentais, além de foco na entrega de valor aos acionistas. Em nome de todo o conselho, afirmo que estamos contando os dias para trabalhar com nossa nova CEO”. "Também estamos muito felizes por podermos contar com a experiência de David na presidência executiva da empresa. Como CEO interino, ele foi um líder exemplar durante toda a fase de transição. Seu forte compromisso em impulsionar os negócios da Accenture foi em grande parte responsável por nos trazer ao momento de crescimento atual. Ficamos muito gratos pela sua liderança e gestão. Com Julie no cargo de CEO e David como presidente executivo, a Accenture ganha uma vantagem considerável no seu mercado de atuação."

Em seu novo cargo de presidente-executivo, Rowland segue tendo um papel fundamental e ativo nos negócios da Accenture. Ele irá presidir o conselho de administração, atuar como conselheiro de Sweet, além de estar envolvido na estratégia de negócios de longo prazo da Accenture. Ele também continuará representando a Accenture junto a clientes do mundo todo e em grupos externos estratégicos.

"Fico honrada com a oportunidade de liderar uma companhia excepcional como a Accenture", afirmou Sweet sobre seu novo cargo de CEO. "Fico feliz em seguir trabalhando lado a lado com nossa incrível equipe de liderança sênior, além de David - nosso novo presidente executivo - e todo o conselho administrativo da empresa. A Accenture conta com os melhores talentos e líderes da nossa indústria. Juntos, vamos capturar as próximas ondas de crescimento para a empresa, mantendo o foco no serviço aos clientes, criação de valor significativo aos acionistas e oferta das melhores experiências de carreira para nossos colaboradores".

A Accenture confirmou que não haverá mudanças nas perspectivas de negócios para o quarto trimestre e nem para o ano fiscal de 2019 feitas pela empresa em seu relatório de resultados do terceiro trimestre de 2019, divulgado no último dia 27 de junho.

Julie Sweet

Julie Sweet, 51 anos, atualmente ocupa o cargo de CEO da Accenture para América do Norte, o maior mercado geográfico da empresa, que representa quase 50% do faturamento global da Accenture. Membro do Comitê de Gestão Global da Accenture há quase uma década, Sweet teve papel importante na estratégia de negócios e de investimentos da companhia. A executiva atuou como conselheira geral, secretária geral e Chief Compliance Officer da Accenture por cinco anos, atuando como principal conselheira para a liderança sênior e para a diretoria. Também teve papel ativo na execução da estratégia de fusões e aquisições da empresa e em muitas de suas maiores e mais complexas transações comerciais.

Fora da Accenture, Sweet participa ativamente de discussões relacionadas a áreas que incluem inovação, impacto da tecnologia nos negócios, inclusão e diversidade. Para abordar a lacuna crítica de habilidades nos Estados Unidos e criar uma economia de inovação inclusiva, Sweet está trabalhando com líderes de diferentes áreas de negócios, educação e governo na criação de um movimento nacional de capacitação profissional.

Sweet participa do conselho administrativo do Catalyst e é membro do conselho executivo da TechNet. Ela também participa do Business Roundtable, um grupo de CEOs de grandes corporações norte-americanas formado para promover políticas pró-negócios. Anteriormente, Sweet foi membro do conselho administrativo e presidiu o comitê Tecnológico dessa organização.

Antes de juntar-se à Accenture, a executiva foi sócia da firma de advocacia Cravath, Swaine & Moore LLP por 10 anos. Sweet é formada em Artes pelo Claremont McKenna College e Doutora em Direito pela Columbia Law School.

David Rowland

David Rowland, 58 anos, foi indicado ao cargo de CEO interino da Accenture em 10 de janeiro de 2019. Ao longo de sua trajetória de 36 anos na empresa, Rowland ocupou cargos de liderança significativos e desempenhou um papel importante na formação da estratégia de crescimento da Accenture. Antes de ocupar o cargo de CEO interino, Rowland atuou como CFO da Accenture desde 2013. Rowland é membro de longa data do Global Management Committee da Accenture e atuou no conselho e como presidente do Comitê de Auditoria da Avanade, uma joint venture entre a Accenture e a Microsoft. Antes de ser nomeado CFO, Rowland atuou por mais de seis anos como vice-presidente sênior de finanças da Accenture e presidiu o Conselho de Operações da companhia.

Sobre a Accenture

A Accenture é uma empresa líder global em serviços profissionais, com ampla atuação e oferta de soluções em estratégia de negócios, consultoria, digital, tecnologia e operações. Combinando experiência ímpar e competências especializadas em mais de 40 indústrias e todas as funções corporativas – e fortalecida pela maior rede de prestação de serviços no mundo – a Accenture trabalha na interseção de negócio e tecnologia para ajudar companhias a melhorar seu desempenho e criar valor sustentável para seus stakeholders. Com 482 mil profissionais atendendo a clientes em mais de 120 países, a Accenture impulsiona a inovação para aprimorar a maneira como o mundo vive e trabalha. Visite www.accenture.com.br.

Declarações antecipadas quanto ao futuro

Exceto pelas informações históricas e discussões aqui contidas, as declarações neste comunicado para a imprensa podem constituir declarações prospectivas dentro do significado do Private Securities Litigation Reform Act de 1995. Palavras como "poderia", "irá", "deveria", "provavelmente", "antecipa", "espera", "pretende", "planeja", "projeta", "acredita," "estima", "posicionada", "panorama" e expressões similares são usadas para identificar essas declarações prospectivas. Estas declarações envolvem um número de riscos, incertezas e outros fatores que podem fazer com que resultados reais variem consideravelmente em relação àqueles expressos ou implícitos. Isso inclui, sem limitação, os seguintes riscos: Isso inclui, sem limitação, os seguintes riscos: a transação pode não atingir os benefícios previstos para a Accenture; os resultados das operações da Accenture podem ser afetados adversamente por condições econômicas e políticas voláteis, negativas ou incertas e os efeitos dessas condições nos negócios dos clientes da empresa e níveis de atividade de negócios; os negócios da Accenture dependem da geração e manutenção contínuas da demanda de clientes em curso rentáveis para os serviços e soluções da empresa, incluindo a adaptação e expansão de seus serviços e soluções em resposta às mudanças atuais quanto à tecnologia e às ofertas e assim, uma redução significativa em tal demanda ou uma incapacidade em responder ao ambiente tecnológico em mudança pode afetar significativamente os resultados das operações da empresa; se a Accenture for incapaz de manter sua oferta de habilidades e recursos de acordo com a demanda do cliente no mundo todo e atrair e reter profissionais com fortes habilidades de liderança, os negócios da empresa, a taxa de utilização de profissionais da empresa e os resultados da operação da empresa podem ser substancial e adversamente afetados; a Accenture poderá ser responsabilizada ou ter sua reputação prejudicada se falhar em proteger os dados dos clientes e/ou empresa de violações de segurança ou ataques cibernéticos; os mercados nos quais a Accenture atua são altamente competitivos, e a Accenture poderá não ser capaz de competir eficazmente; sua rentabilidade poderá sofrer impactos significativos se a empresa for incapaz de obter preços favoráveis para seus serviços e soluções, se a empresa for incapaz de manter-se competitiva, se suas estratégias de gestão de custos não tiverem sucesso, ou se ela sofrer ineficiências de entrega; alterações no nível de taxas e impostos da empresa, bem como auditorias, investigações e processos tributários, ou alterações na legislação tributária ou em sua interpretação ou execução, poderão ter um efeito adverso concreto na taxa de imposto efetiva da empresa, os resultados das operações, fluxos de caixa e situação financeira; os resultados das operações da Accenture poderão ser afetados de forma adversa pelas flutuações nas taxas de câmbio de moeda estrangeira; os negócios da Accenture podem sofrer impacto material caso a empresa incorra em responsabilidade jurídica; o trabalho da Accenture com os clientes do governo expõe a empresa a riscos adicionais inerentes no ambiente de contratação do governo; a empresa poderá não ter sucesso em identificar, adquirir, investir ou integrar empresas, entrar em joint-ventures ou alienar negócios; a Rede de Distribuição Global da Accenture está cada vez mais concentrada na Índia e nas Filipinas, o que pode expô-la a riscos operacionais; como resultado das operações da Accenture geograficamente diversificadas e sua estratégia de crescimento para continuar sua expansão geográfica, a empresa está mais suscetível a certos riscos; mudanças adversas às relações da empresa com parceiros chave ou no negócio de seus parceiros chave podem afetar negativamente os resultados das operações da empresa; caso a Accenture se mostre incapaz de proteger seus direitos de propriedade intelectual ou se os serviços ou soluções da Accenture infringirem os direitos de propriedade intelectual de outras empresas ou se a empresa perder a capacidade de usar a propriedade intelectual de outros, seus negócios poderão ser impactados negativamente; a capacidade da Accenture para atrair e manter os negócios e os empregados pode depender de sua reputação no mercado; se a Accenture for incapaz de gerir os desafios organizacionais associados ao seu tamanho, a empresa poderá ser incapaz de atingir seus objetivos de negócios; quaisquer alterações às estimativas e previsões que a Accenture fizer em relação à preparação de suas demonstrações financeiras consolidadas poderão afetar seus resultados financeiros de forma adversa; muitos dos contratos da Accenture incluem pagamentos que conectam algumas das suas taxas à realização dos objetivos de negócios ou desempenho ou e/ou exigem que a empresa atenda a específicos níveis de serviço, que podem aumentar a variabilidade das receitas da empresa e afetar suas margens de lucro; os resultados das operações da Accenture e o preço da ação poderão ser afetados negativamente se for incapaz de manter controles internos eficazes; a Accenture poderá não ser capaz de acessar capital adicional com ou sem condições favoráveis e caso a empresa aumente o capital social, poderá diluir a participação de seus acionistas na empresa; a empresa poderá ser sujeita a críticas e publicidade negativa relacionada à sua incorporação na Irlanda; assim como os riscos, incertezas e outros fatores discutidos sob os "Fatores de Risco" encabeçando o mais recente relatório anual da Accenture plc no Formulário 10-K e outros documentos arquivados juntamente à Securities and Exchange Commission. As declarações neste comunicado à imprensa fazem suas menções somente a partir da data em que foram feitas, e a Accenture não se compromete à atualização de nenhuma declaração prospectiva feita neste comunicado à imprensa ou a conformar tais declarações aos resultados reais ou mudanças nas expectativas da Accenture.

Informações sobre a Accenture para a imprensa: 

Fernando de Moraes
Accenture
(11) 5188-0974
fernando.de.m.silva@accenture.com

Beatriz Pacheco
bcw | burson cohn & wolfe
(11) 3040-2397
beatriz.pacheco@bcw-global.com

Mônica Baldani
bcw | burson cohn & wolfe
(11) 3040-2390
monica.baldani@bcw-global.com

Ligia Carvalho
Burson-Marsteller
(11) 3040-2403
ligia.carvalho@bcw-global.com

CENTRAL DE ASSINATURAS
Continue informado com nossa newsletter Continue informado com nossa newsletter